Jundiaí

Vice Pedro Lourenço e Alexandre Mattos deixam gestão de futebol do Cruzeiro

Pedro Lourenço não é mais o vice-presidente de futebol do Cruzeiro. Membro importante do Núcleo Dirigente Transitório do clube, ele comunicou a saída do cargo na manhã desta quinta-feira (9), após reunião com os demais integrantes do grupo. A reportagem apurou que o momento conturbado nos bastidores foi o que motivou a sua saída. Ele não estava satisfeito com a forma como as coisas acontecem no cotidiano cruzeirense. Com o adeus de Pedro Lourenço, outro nome também deixa o projeto. Alexandre Mattos, que se propôs a auxiliar o time por 45 dias até conseguir o visto de trabalho para trabalhar no Reading, da Inglaterra, informou que não permanecerá na Toca da Raposa II. O ex-diretor de futebol do Palmeiras comunicou o desligamento alegando que o empresário foi o responsável por levá-lo ao clube. Em entrevista à TV Globo, o Lourenço confirmou que não faz parte mais da atual gestão do clube: "Com muita tristeza comunico meu desligamento do Conselho gestor do Cruzeiro. Quero pedir desculpas a torcida por esse momento tão difícil que nós vivemos. Estou com a torcida, não vou abandonar o cruzeiro, não vou tirar patrocínio, vou ajudar no que for preciso, mas não como gestor", declarou. Proprietário do Supermercados BH, Pedro Lourenço assumiu a vice-presidência de futebol do Cruzeiro no fim de 2019, logo após a renúncia da antiga gestão, liderada por Wagner Pires de Sá. A sua saída ocorre dias após outro empresário também deixar o clube. Vittorio Medioli ocupava o cargo de CEO, mas optou por seu desligamento no último domingo. Ele comunicou a decisão por meio de uma carta. Recentemente, Pedro Lourenço ajudou o Cruzeiro na aquisição de 50% dos direitos econômicos de Luis Orejuela. O dirigente foi o responsável por desembolsar o montante pago à vista ao Ajax, da Holanda. Na ocasião, os mineiros depositaram 1,5 milhão de dólares (R$ 6,1 milhões na cotação atual). O novo uniforme do Cruzeiro conta com patrocínio máster da empresa de Pedro Lourenço. O Supermercados BH é quem estampa a camiseta do clube mineiro desde o início de 2020. [caption id="attachment_66658" align="aligncenter" width="1024"] DIVULGAÇÃO[/caption]

Notícias relevantes: