Jundiaí

Mulher de preso tenta entrar com drogas no CDP de Jundiaí e é surpreendida


maconha
Crédito: Reprodução/Internet
Durante revista feita hoje (27) pela manhã no Centro de Detenção Provisória de Jundiaí (CDP), uma mulher de 26 anos, cadastrada como companheira de um detento, foi surpreendida ao tentar entrar durante a visita com pedaços de carne cozida recheadas com entorpecente, mais especificamente maconha. Ao ser questionada pelos agentes sobre o conteúdo, ela informou que os porções, cerca de 26, com 60 gramas cada, seriam entregues ao seu companheiro. Com o flagrante ela foi apresentada à autoridade policial para a realização do  Boletim de Ocorrência. Um instaurado de Procedimente de Apuração Preliminar será instaurado justamente para elucidar a participação do detento no cometimento do crime. Segundo adiantou o diretor técnico Alexandre Apolinário de Oliveira, as providências administrativas e policiais estão sendo tomadas. Em casos como este a visitante fica impedida de adentrar em todos estabelecimentos penais do Estado de São Paulo.

Notícias relevantes: