Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Zoonoses orienta sobre contaminações durante alagamentos

DA REDAÇÃO | 07/01/2019 | 19:27

Com o período de chuvas e a cidade em estado de atenção, a Unidade de Vigilância de Zoonoses (UVZ), órgão ligado à Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), orienta a população sobre os cuidados necessários em situações de alagamentos e enchentes, que podem ocasionar acidentes e até doenças como a leptospirose. O volume de água acumulado nestes primeiros 7 dias do ano, em Jundiaí, equivalem à metade do previsto para o mês, ou seja 190 mm.

De acordo com o gerente da UVZ, Carlos Ozahata, é fundamental que as pessoas não entrem em contato direto com as águas de enchentes e áreas alagadas. “Em caso de as residências serem acometidas pelas águas dos rios e córregos ou até pelo retorno do fluxo da canalização pluvial, as pessoas devem utilizar luvas ou sacos plásticos para proteger as mãos e botas para iniciar a limpeza, com água e água sanitária. Além da transmissão da leptospirose, que acontece pela urina dos ratos, ainda existem outras doenças como cólera, diarreia e até a hepatite A que podem ser transmitidas nestas condições”, alerta.

Além da proteção individual, o gerente lembra que é necessário descartar todos os alimentos que estavam abertos ou que tiveram contato com a água poluída e possivelmente contaminada (com exceção para os enlatados e em embalagens longa vida, que não apresentem alterações). Os utensílios de cozinha também precisam ser higienizados com água sanitária.

O gerente ainda alerta para a ocorrência de animais peçonhentos na residência invadida pelas águas. “Os animais também buscam abrigos, portanto, é necessário fazer uma verificação completa em todas roupas e móveis para evitar picadas de aranhas ou cobras”, argumenta.

Investimentos

A Prefeitura de Jundiaí tem investido em várias melhorias para a contenção de enchentes e alagamentos em áreas com histórico dessas ocorrências. No Jardim Tulipas foram feitos investimentos com implantação de galerias, construção de polder e dragagem do rio Jundiaí, no valor de R$ 2,4 milhões, incluindo o recapeamento. As medidas resultaram em saldo positivo para a população, que não sofreu perdas com as chuvas.

PMJ

PMJ


Link original: https://www.jj.com.br/jundiai/zoonoses-orienta-sobre-contaminacoes-durante-alagamentos/
Desenvolvido por CIJUN