Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Valor do frete cai mais que o do milho

| 23/10/2014 | 01:00

Os números apresentados pelos sites do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) e do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea) apontam que o preço do frete vem caindo mais que o do milho. A saca de milho caiu 34%, de R$ 33,85 para R$ 22,39. Já o frete de Campo Verde a Paranaguá despencou 41%, de R$ 220 a R$ 130 a tonelada. O de Diamantino a Santos saiu de R$ 290 a R$ 180 – retração de 38%.

Se continuarem aceitando a contínua baixa nos fretes, os transportadores rodoviários de grãos vão quebrar. O alerta é do empresário Airton Dall’Agnol, da Transportadora Lontano, com matriz em Campo Grande. As perspectivas para o ano que vem, de acordo com o empresário, não são boas.

Juliana Yagushi, engenheira agrônoma do Departamento de Economia Rural (Deral), da Secretaria da Agricultura do Paraná, afirma que o preço do milho está desfavorável ao agricultor devido a uma maior oferta dentro e fora do País. Neste ano, a expectativa é que os Estados Unidos tenham uma safra ainda melhor que a de 2013, o que pode pressionar ainda mais os preços para baixo.


Link original: https://www.jj.com.br/motor/valor-do-frete-cai-mais-que-o-do-milho/
Desenvolvido por CIJUN