Opinião

Corpo, mente e espírito


divulgação
COLUNISTA LICIANA ROSSI
Crédito: divulgação

Já dizia o poeta romano Juvenal: "Mens sana in corpore sano", uma frase muito atual para os dias de hoje, porém ainda mal compreendida. Ter um corpo são, vigoroso e disposto é tão importante quanto estimular a mente a buscar a paz interior e o equilíbrio. É importante buscar algo em sua vida que alimente o seu espírito. Não devemos abater o corpo ou rebaixar a alma (mente). Pra que estas violências? As relações entre corpo e alma são necessárias, é preciso cuidar de ambos, visto que o corpo é o instrumento da alma.

A filosofia, em seu período clássico, já buscava respostas sobre estas questões. Platão, Aristóteles, Descartes, dentre outros tantos passaram anos para compreender e admitir a união existente entre corpo e alma, mas cada um à sua maneira.

Os conceitos da neurociência moderna possuem suas origens nos antigos filósofos e nos médicos gregos do século V a.C., que estudavam a fonte dos pensamentos humanos, mecanismos da atividade cognitiva e a natureza das emoções. A partir da civilização grega, surgiram as observações mais sistematizadas sobre o corpo humano e seu funcionamento, sobre a mente e principalmente sobre a relação corpo e mente.

Começaram a entender a importância do equilíbrio entre corpo, mente e espírito.
Cuidar do corpo faz bem para a alma/mente. Cuidar da saúde é o mesmo que cuidar dos pilares: corpo, mente e espírito. Saúde, qualidade de vida, bem-estar e equilíbrio harmonizam estes pilares. Entender que a saúde é mantida pela alegria de viver e buscar meios para que isso possa se manifestar tem sido a busca de várias áreas da saúde, como a medicina contemporânea e integrativa, a homeopatia, psicologia, fisioterapia, terapias holísticas, nutrição, educação física, medicina chinesa, ioga, meditação, dentre tantas outras, que foram resgatas e modernizadas para fazer parte de um lindo conjunto que visa proteger o ser humano e dar condições para a cura e longevidade de uma maneira integrada, olhando para o corpo, mente e espírito.

A cura em um sentido amplo, com foco na saúde e não na doença nunca foi tão estudada e utilizada. Acredito que este seja o verdadeiro caminho para a longevidade, pois para começar a cuidar da saúde é necessário começar a cuidar da alma. Nosso corpo é um santuário sagrado em que tudo o que somos enquanto espírito se revela.

Não adianta cuidar somente do corpo físico e ser uma pessoa desequilibrada emocionalmente, sem paciência e tolerância com os outros. Ou ter um corpo saudável e uma mente agitada, sem paz e tranquilidade. Ou viver na igreja e sofrer com doenças achando que um milagre cairá do céu, mas não faz nada para se ajudar e se cuidar. Meus queridos, o caminho é o equilíbrio.

Ouvi certa vez algo assim, mas não conheço a origem deste lindo ensinamento: "Quando o espírito está doente, é preciso tratar o espírito. Quando a mente esta doente, é preciso tratar o espírito e a mente. Quando as emoções estão doentes, é preciso tratar o espírito, a mente e as emoções. Mas se for preciso tratar algo que está se manifestando no corpo físico, como uma doença, é preciso tratar tudo". Muita saúde a todos.

LICIANA ROSSI é educadora física formada pela Esef Jundiaí; pós-graduada em treinamento físico pela Unicamp e ginástica corretiva pela FMU-SP; exercícios corretivos pela Academia Nacional de Medicina Esportiva – NASM/USA; CHEK Practitioner nível 2 Califórnia/USA; Holistic Life Style Coach/CHEK Institute/USA


Notícias relevantes: