Opinião

Coluna X Intestino X Emoções


divulgação
COLUNISTA LICIANA ROSSI
Crédito: divulgação

Alguma vez na sua vida você já pensou na relação entre dor nas costas, intestino e a influência em suas emoções? Se partirmos do ponto que o nosso sistema nervoso controla tudo em nosso corpo, desde sistemas, órgãos, tecidos, células, tudo mesmo, incluindo o trato gastrointestinal já é possível começar a entender que tudo se conecta. A nossa coluna envolve, protege e apoia a medula espinhal e os nervos que controlam o sistema digestivo.

Metade das nossas células nervosas se encontra no intestino e por este motivo ele é considerado o nosso segundo cérebro. Além do mais, nosso intestino fornece e produz a maior quantidade de serotonina do nosso corpo, uma substância química que traz muito bem-estar e felicidade. Portanto, nossa capacidade de sentir e expressar emoções depende principalmente do trato gastrointestinal, havendo relação entre depressão e várias doenças do trato digestivo.

E esse fato faz com que eu implore a todos os meus clientes e leitores que a alimentação seja algo importante e decisivo para o seu bem-estar e saúde, já que interfere diretamente na saúde dos seus intestinos e seus intestinos interferem diretamente nas suas emoções, na sua vitalidade, na sua saúde.

Há uma relação direta entre isso tudo, e ficará fácil de entender se você conseguir compreender que nossa coluna vertebral tem uma infinidade de terminações nervosas que se conectam a tudo nosso organismo e que esta comunicação permite que uma região possa influenciar a outra. Tanto a má postura pode influenciar negativamente nosso organismo e nos deixar meio tristonhos e melancólicos, como um problema intestinal pode resultar em uma indisposição, inflamação, fraqueza muscular por inibição da musculatura do core.

São os músculos do core, um conjunto de músculos posturais, que nos ajudam como um cinturão de proteção ao redor da nossa coluna a nos mantermos aptos a vencer a ação da gravidade, que nos puxa para baixo o tempo todo, e quando aliados a outros músculos extensores da coluna e aos músculos do quadril , nos ajudam a fazer nossas atividades diárias com segurança para nossa coluna e principalmente para a medula espinhal.

Portanto, meus queridos, tudo está conectado em nosso corpo, não canso de dizer. Uma região altera a outra e se tudo estiver em harmonia você gozará de muita saúde. Buscar o equilíbrio é buscar qualidade de vida e se amar de verdade, cuidando de tudo que possa interferir no seu bem-estar e na sua saúde.

LICIANA ROSSI é educadora física, pós-graduada em treinamento físico pela Unicamp e ginástica corretiva pela FMU-SP; exercícios corretivos pela Academia Nacional de Medicina Esportiva - NASM/USA; CHEK Practitioner nível 2 Califórnia/USA; Holistic Life Style Coach/CHEK Institute/USA


Notícias relevantes: