Opinião

Persevere ou esqueça

"Esvaziem as mochilas e as encham de pedras"


DIVULGAÇÃO
PASTOR DANIEL
Crédito: DIVULGAÇÃO

Certo dia, ouvi a história de três homens que se aventuraram a escalar uma montanha muito alta. O preparo foi árduo para este imenso desafio. Cada dia de treinamento era superado motivado pela expectativa de se alcançar o objetivo.

Chega então o grande dia! Os três aventureiros saem com seus equipamentos e começam a escalada. No início do trajeto tudo estava indo bem, sem cansaço, caminho tranquilo, velocidade boa, clima favorável e tudo contribuindo para um desfecho primoroso.

Ao avançarem mais um pouco, o caminho começou a ficar rochoso demais e as pedras começaram a demonstrar os seus perigos. Um pouco mais adiante as pedras já eram inimigas estando soltas pelo caminho tornando cada passo uma escolha entre a vida e a morte.

De repente, uma voz veio do alto e lhes disse: "Esvaziem as mochilas e as encham de pedras". Todos ouviram ao mesmo tempo aquela voz que veio do nada e olhando uns para os outros temeram e, então, novamente a voz falou: "Encham as mochilas de pedras". Os três então rapidamente obedeceram e, ainda assustados continuaram a jornada, mas agora com muito mais dificuldade por deixarem seus equipamentos e pelo peso das pedras. Cada passo seria ainda mais desafiador a partir de agora.

Durante a jornada, estando todos já muito desgastados, um deles resolve desistir dizendo: "Estou cansado e não vejo mais razão para prosseguir, só vim mesmo por causa de vocês". Este, deixando os amigos, retorna para a base.

Os dois continuam a sua caminhada e o trajeto passa a ficar ainda mais perigoso e difícil, o cansaço era extremo e um dos amigos resolve abandonar a mochila de pedras e continuar a peregrinação simplesmente para fazer companhia e completar o percurso.

Quando estavam chegando, na parte final da escalada, o último que resistiu com a mochila já não aguentava mais, estava plenamente exausto e estando a ponto de abandonar a mochila pensou: "já carreguei até aqui, falta tão pouco agora vou fazer o meu melhor e levar até o fim".

Após uma verdadeira batalha, ambos chegam ao topo e sequer tiveram tempo de admirar a paisagem e comemorar o feito, quando a voz mais uma vez diz: "Esvazie a mochila". Ao esvaziar a mochila mal podiam acreditar no que havia acontecido. Todas aquelas pedras que eram peso e dificuldade no caminho, que fizeram o primeiro amigo desistir e o segundo buscar a facilidade para alcançar o topo, agora haviam se tornado ouro puro e, somente o terceiro tinha esse tesouro.

Ao pensar nestes amigos identifiquei três grupos de pessoas: os que desistem facilmente, os que buscam o meio mais fácil e os que são recompensados por sua perseverança.

Os que desistem facilmente assim o fazem porque não tem firmeza em seus propósitos e escolhas. Não estão convictos do que querem e suas decisões são frágeis. Nada na sua vida é permanente! Rompem relacionamentos facilmente, não progridem em sua carreira, não terminam seus cursos, não dão continuidade em suas iniciativas e não permanecem no bom caminho. Não estão dispostos a pagar o preço para conquistar, mas querem alcançar a conquista dos outros. Estes sempre serão escravos de si mesmos e de seus fracassos.

Os que buscam o meio mais fácil são aqueles que se acham os melhores, sempre tem a resposta, sempre tem um caminho "melhor", são mais espertos que os outros, não leem o manual e já sabem como tudo funciona, sempre tem um jeitinho melhor para resolver e são as pessoas "do quase" e nunca terão nada. Estes sempre farão parte da história de conquistas dos outros, como aqueles que tinham tudo para conseguir mas não conseguiram.

E os que são recompensados por sua perseverança são aqueles que estão focados e convictos de seus objetivos, que entendem que a verdadeira recompensa virá através do esforço, da determinação, da permanência e continuidade daquilo que propôs no seu coração. É aquele ou aquela que não é levado pela maioria ou pela opinião dos outros, que não age segundo suas carências ou emoções, mas permanece firme naquilo que decidiu. Estes são grandes conquistadores, são os que chegam mais longe e são recompensados com os tesouros de Deus e da vida.

Já vi muitas pessoas próximas de alcançarem suas promessas, mas sucumbiram por achar as pedras pesadas demais; porém também conheço muitos milionários de vida que alcançaram seus tesouros e tiveram muitas conquistas para celebrar.

E você? Em qual grupo de pessoas está?

PASTOR DANIEL ANTONIO é teólogo, administrador e publicitário, MBA Coaching e Mentoring, MBA em Gestão de Negócios, palestrante do Jesus Coaching e do canal Falando sobre Deus; [email protected] e instagram: @prdanielantonio


Notícias relevantes: