Opinião

Não se discute com burros

Jamais perca tempo em discussões que não fazem sentido


divulgação
COLUNISTAS GUARACI ALVARENGA
Crédito: divulgação

O burro disse ao tigre:

- "A grama é azul".

O tigre respondeu:

- "Não, a grama é verde".

A discussão aqueceu, e os dois decidiram submetê-lo a uma arbitragem, e para isso concorreram perante o leão, o Rei da Selva.

Já antes de chegar à clareira da floresta, onde o leão estava sentado em seu trono, o burro começou a gritar:

- "Sua Alteza, é verdade que a grama é azul?".

O leão respondeu:

- "Certo, a grama é azul".

O burro se apressou e continuou:

- "O tigre discorda de mim e me contradiz e incomoda, por favor, castigue-o".

O rei então declarou:

- "O tigre será punido com 5 anos de silêncio".

O burro pulou alegremente e seguiu seu caminho, contente e repetindo:

- "A grama é azul"...

O tigre aceitou sua punição, mas antes perguntou ao leão:

- "Vossa Majestade, por que me castigou?, afinal a relva é verde".

O leão respondeu:

- "Na verdade, a grama é verde".

O tigre perguntou:

- "Então, por que você me pune?".

O leão respondeu:

- "Isso não tem nada a ver com a pergunta de se a grama é azul ou verde. O castigo acontece porque não é possível que uma criatura corajosa e inteligente como você perca tempo discutindo com um burro, e ainda por cima venha me incomodar com essa pergunta".

A pior perda de tempo é discutir com o tolo e fã que não se importa com a verdade ou realidade, mas apenas com a vitória de suas crenças e ilusões.

Jamais perca tempo em discussões que não fazem sentido...

Há pessoas que por muitas evidências e provas que lhes apresentamos, não estão na capacidade de compreender, e outras estão cegas pelo ego, ódio e ressentimento, e a única coisa que Desejam ter razão mesmo que não tenham.

Quando a ignorância grita, a inteligência cala. Sua paz e tranquilidade valem mais.

UMA BELA MULHER

"Dois monges budistas, um velho e outro jovem, passeavam fora do monastérios perto de um córrego de água que havia inundado os arredores. Uma bela mulher se aproximou dos monges e lhes pediu ajuda para atravessar o aguaceiro.

O monge jovem estava horrorizado frente a ideia de levá-la em seus braços, mas o velho com total naturalidade a pegou e levou do outro lado. Depois, os monges continuaram caminhando.

O jovem não podia deixar de pensar no incidente e finalmente exclamou: "Mestre! Você sabe que juramos abstinência. Não nos permitem tocar uma mulher assim. Como você pôde tomar essa bela mulher nos braços, levá -la colocar as mãos ao redor do seu pescoço, o peito junto ao seu peito e levá-la através do aguaceiro, desse jeito? O ancião respondeu: "Filho meu, você ainda a carrega com você!"

DEUS E A CIENCIA

Um senhor de 70 anos viajava de trem tendo ao seu lado um jovem universitário que lia o seu livro de ciências.

O senhor, por sua vez, lia um livro de capa preta. Foi quando o jovem percebeu que se tratava da Bíblia.

Sem muita cerimônia o jovem interrompeu a leitura do velho e perguntou:

- O senhor ainda acredita neste livro cheio de fábulas e crendices?

- Sim, mas não é um livro de crendices. É a Palavra de Deus. Estou errado?

- Mas é claro que está! Creio que o senhor deveria estudar a História Universal.

- Veria que a Revolução Francesa, ocorrida há mais de 100 anos, mostrou a miopia da religião. Somente pessoas sem cultura ainda creem que Deus tenha criado o mundo em seis dias. O senhor deveria conhecer um pouco mais sobre o que os nossos cientistas pensam e dizem sobre tudo isso.

- É mesmo? E o que pensam e dizem os nossos cientistas sobre a Bíblia?

- Bem, respondeu o universitário, como vou descer na próxima estação, falta-me tempo agora, mas deixe o seu cartão que eu lhe enviarei o material pelo correio com a máxima urgência.

O velho então, cuidadosamente, abriu o bolso interno do paletó e deu o seu cartão ao universitário.

No cartão estava escrito:

Professor Doutor Louis Pasteur, diretor-geral do Instituto de Pesquisas Científicas da Universidade Nacional da França.

"Um pouco de ciência nos afasta de Deus, muito nos aproxima de Deus.

GUARACI ALVARENGA é advogado


Notícias relevantes: