Opinião

Muito obrigado presidente Paulo Skaf!

Conhecimento é tudo na vida de uma pessoa


Arquivo
Vandemir Francesconi Junior
Crédito: Arquivo

Nós, de Jundiaí e Região, agradecemos por tudo o que o senhor realizou na sua gestão. Quase um milhão de metros quadrados foi construído pelo Sesi-SP no Estado, perto de 150 novas escolas, sendo sete em Jundiaí, Cajamar, Campo Limpo Paulista, Itatiba e Vinhedo. Nossa região recebeu investimentos de R$ 220 milhões em obras e equipamentos para que mais de cinco mil crianças pudessem ter acesso à educação de qualidade, com ensino em tempo integral, esporte e três refeições balanceadas por dia.

Conhecimento é tudo na vida de uma pessoa. Ele liberta, forma, desenvolve, abre novos caminhos e permanece para sempre na vida! É, no meu ponto de vista, a verdadeira e correta forma de distribuição de renda, pois o indivíduo passa a ter a habilidade de pensar por si só, de se empregar, de ter seu futuro nas suas mãos!

No Sesi-SP, a criança estuda numa escola com infraestrutura comparável a das melhores do mundo, com profissionais comprometidos e habilitados, com acesso ao que há de mais moderno em termos de educação, onde a robótica, por exemplo, é ensinada a todos os estudantes. A excelência em robótica, inclusive, se tornou uma marca do Sesi-SP, que acumula vitórias em torneios nacionais e internacionais, superando competidores de países como Estados Unidos, China e Alemanha. Somos também a maior rede de fab-labseducacional do Brasil!

No Ensino Médio, o jovem tem a possibilidade de fazer o curso articulado com o Senai-SP, terminando esta etapa educacional com uma formação técnica. Assim, sai da escola com emprego praticamente garantido, pois quase a totalidade dos alunos oriundos do Senai-SP são contratados pelas indústrias ao fim do curso. Na nossa região, foram investidos R$ 40 milhões em modernização de equipamentos e infraestrutura nas escolas do Senai de Campo Limpo Paulista, Itatiba e Jundiaí.

No esporte, os atletas do Sesi-SP também se destacam. Participaram da Olimpíada de Tóquio em modalidades como atletismo, natação e triathlon. E os nossos atletas paralímpicos, que eram a maioria da delegação brasileira na competição, voltaram para casa com medalhas.

Essas conquistas só foram possíveis porque o senhor introduziu o esporte de rendimento no Sesi-SP, que contrata com carteira assinada vários desses profissionais, muitos dos quais começaram suas carreiras no próprio Sesi-SP ou no Programa Atleta do Futuro (PAF), uma parceria com municípios paulistas que já revelou inúmeros atletas de ponta.

Na sua gestão, a Bachiana Filarmônica do Sesi-SP, liderada pelo maestro João Carlos Martins, levou boa música a vários municípios de São Paulo e também para fora do país. Esse exemplo repercutiu nas nossas escolas, formando novos conjuntos e muitos músicos. Foram 10 novos teatros construídos, difundindo a cultura por todo o Estado.

Agora, na pandemia, nossos alunos não deixaram de estudar. Enquanto vários governos deram férias e aulas on-line precárias, o Sesi-SP conseguiu manter a qualidade do ensino, dando aulas remotas com a grade completa. Ofereceu internet de graça para quem precisava e emprestou os computadores das escolas para aqueles que não tinham o equipamento em casa.

E, em um dos momentos mais agudos da pandemia, quando as crianças não podiam estar na escola, o Sesi-SP utilizou suas cozinhas para fazer comida para a população que estava passando fome. Foram produzidas 230 mil refeições por dia para quem mais precisava!

O Senai-SP, por sua vez, consertou respiradores e produziu máscaras para hospitais públicos, álcool em gel para comunidades carentes e cedeu seus cilindros de oxigênio para unidades de saúde no momento de maior escassez, tudo gratuitamente.

Enfim, é um trabalho enorme que, se Deus quiser, ajudará a fazer um Brasil gigante! E tudo isso aplicando corretamente os recursos oriundos dos impostos que as indústrias pagam na contribuição trabalhista, demonstrando que, quando o dinheiro é administrado profissionalmente e utilizado para o fim correto, traz resultados. Esse é o Brasil que queremos! Esse é o país que dá certo!

Parabéns presidente Paulo Skaf pela sua dedicação diuturna, pela sua visão que transforma, pela sua coragem de enfrentar os desafios, pelo seu compromisso em fazer a coisa certa, pela sua generosidade.

Tenho muito orgulho de ter trabalhado com você e contribuído com o meu quinhão para isso! Muito obrigado presidente Paulo Skaf!

VANDERMIR FRANCESCONI JÚNIOR é primeiro diretor-secretário da Fiesp e do Ciesp


Notícias relevantes: