Opinião

Desacelerando

Estamos no meio de dezembro e boa parte das pessoas encontram-se cansadas e desmotivadas nessa fase do ano. Outra parte está estressada, à beira de um ataque de nervos.A poucas semanas do Natal, Réveillon e com o início das férias escolares, um alerta: quem sofre com algum problema na coluna tem 85% a mais de chance de ter uma crise nessa época do ano. Aqui segue um alerta para que você se previna deste problema pois entre 50 a 80% da população terá algumador na coluna pelo menos uma vez na vida; 40% da população têm ou terá, no prazo de um ano, algum problema de coluna e aproximadamente 4% de todas as consultas médicas no mundo são por dores nas costas. Eu considero estes dados fortíssimos. Entendo que são muitos os compromissos, além da rotina já exaustiva,e que vão das comemorações no trabalho, na escola e na família, aos preparativos para o Natal, Ano Novo e férias, fora as contas para pagar e demais problemas cotidianos.De repente, o que era para ser festa e sossego se transforma-se em um punhado de obrigações que gastam ainda mais nosso tempo e energia (que ainda nos restam). Resumidamente, o nosso corpo acaba secretando mais hormônios que aumentam o estresse nesta época, como o Cortisol, para que você dê conta de todos estes compromissos. Porém o estresse aumenta a contração de alguns músculos que adoram se contrair quando seu corpo se encontra neste estado. Cada pessoa tem os seus gatilhos, mas a grande maioria reclama de dores cervicais, pois os músculos da região da cabeça e do pescoço adoram aumentar seu tônus muscular, gerando dores e desconfortos, assim como os músculos da região lombar em outras pessoas. Para amenizar isso tudo, seguem algumas dicas: Cuidado com a sua postura, pois o estresse diminui a consciência corporal. Troque o café (que aumenta a ansiedade) por chás naturais, como hortelã, camomila e erva doce. A atividade física alivia tensões e nos obriga a manter o foco no presente, contribuindo para desacelerar a mente das preocupações diárias, prevenindo o desgaste físico e mental deste período. O uso de óleos essenciais 100% puros e naturais podem auxiliar a diminuir a ansiedade e podem ser usados como escalda-pés ou aromatizando o ambiente em equipamentos adequados. Óleos como o alecrim (melhora motivação, vitalidade e alegria), lavanda (equilíbrio emocional), laranja doce (tensão, ansiedade e tristeza), cipreste (óleo da flexibilidade, indispensável nas festas e confraternizações), e o de bergamota (que trona a vida mais leve) podem ser usados como aliados para seu equilíbrio e bem estar. Muita saúde a todos. LICIANA ROSSI é educadora física formada pela ESEF Jundiaí; pós-graduada em treinamento físico pela Unicamp e ginástica corretiva pela FMU-SP; exercícios corretivos pela Academia Nacional de Medicina Esportiva – NASM/USA; CHEK Practitioner nível 2 Califórnia/USA; Holistic Life Style Coach/CHEK Institute/USA.

Notícias relevantes: