Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Dom Vicente: Eleições 2018 – Hora da decisão e da esperança

DA REDAÇÃO | 07/10/2018 | 07:30

“Continuemos a afirmar nossa esperança, sem esmorecer (Hb 10,23)”. Caríssimos leitores e leitoras: neste domingo somos convocados a escolher o presidente da República, governadores, senadores, deputados federais e deputados estaduais, os futuros servidores da Pátria. Talvez nunca na história recente do Brasil estas eleições tenham sido tão decisivas para a construção de um novo país. Todos haverão de concordar que vivemos um momento de uma grave crise social, política, cultural e econômica, agravada pela falta de credibilidade do poder político e pela ininterrupta corrupção de inúmeros políticos.

Nossa fé nos faz olhar para Jesus Cristo, o Verbo Encarnado de Deus, que assumiu, na sua carne, tudo o que é verdadeiramente humano; pois Ele veio instaurar o Reino para que todos tenham “vida, e a tenham em abundância” (Jo 10,10). Por isso, desejo propor-lhes três princípios que possam ajudar-nos a fazer das próximas eleições momento de decisão e de esperança.

1. É preciso acreditar no valor insubstituível da política e na capacidade dos bons políticos. Tenhamos plena certeza de que a política é um bem para todos, pois é ela que regulamenta e disciplina as relações justas e fraternas entre pessoas e grupos para a realização do bem comum.

2. É preciso valorizar o voto. O voto não é uma simples obrigação, mas um dever a ser exercido de forma livre e consciente. É grave omissão dizer: “Estou desacreditado dos políticos. Por isso, vou votar nulo ou em branco”. Não é verdade que o voto em branco, o voto nulo e as abstenções invalidam as eleições. Tenhamos muito cuidado com as falsas notícias, as “fake news”.

3. É preciso escolher cada candidato com discernimento e retidão. Sejamos criteriosos na escolha dos candidatos para os vários cargos eletivos, não apenas aqueles do Poder Executivo, como presidente e governadores, mas também os candidatos ao Legislativo em âmbito federal e estadual.

A atuação destes organismos tem um papel fundamental na elaboração das leis, na aprovação das políticas públicas e na superação dos problemas sociais. Diante da atual situação política brasileira, não devemos desanimar, mas com fé e esperança, fazer florescer o desejo de construir um novo Brasil, participando no fortalecimento da democracia pela votação que faremos hoje.  Sugiro-lhes que, antes da votação, cada um pense e ore “A Oração do Eleitor”: “Ó Deus, que manifestais o vosso poder sobretudo no amor e na misericórdia, estou na iminência de participar das eleições.

Votar é ação das mais sagradas como cidadão; eleger os meus representantes que decidirão em grande parte o meu dia a dia na organização do meu Estado e do Brasil. Senhor Deus, Vós conheceis o mais íntimo das mentes e corações, que a coragem da autenticidade política oriente todo candidato a abraçar a verdade que liberta a pessoa de qualquer interesse pessoal ou partidário. Senhor Deus, concedei o dom de vossa sabedoria a cada eleitor para que exerça a sua cidadania na expressão máxima de civismo, responsabilidade e patriotismo! Senhor Deus, eis a minha prece: Sede o meu auxílio, para que com discernimento o meu voto seja responsável e consciente”. Assim seja!

DOM VICENTE COSTA é bispo diocesano de Jundiaí

DOM VICENTE COSTA


Link original: https://www.jj.com.br/opiniao/dom-vicente-eleicoes-2018-hora-da-decisao-e-da-esperanca/
Desenvolvido por CIJUN