Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Dom Vicente: Vivendo as alegrias do Natal

DOM VICENTE COSTA | 16/12/2018 | 07:30

“Eu vos anuncio uma grande alegria” (Lc 2,10).
Já sendo eu bem amadurecido, sou do tempo em que o Natal era uma expectativa feliz no coração das pessoas, pelo seu significado religioso, pelo respeito ao caráter sagrado deste acontecimento, pela ação de Deus na vida da humanidade, enviando seu Filho Jesus Cristo para salvar a todos. As famílias se reuniam, os almoços eram mais caprichados e marcados por uma extraordinária alegria da união familiar, justamente para comemorar uma data tão importante e tão feliz.
Aos poucos, devido à descristianização sempre crescente que marca a nossa sociedade, o verdadeiro significado do Natal foi-se perdendo aos poucos. Começou a imperar um forte consumismo, e o Natal, para muitos, tornou-se apenas uma festa superficial, com muitas aparências, mas de pouco conteúdo e vivência. O protagonista da festa não é mais lembrado, e uma grande maioria já não sabe, na verdade, o que é Natal. Só se sabe que é dia de comer bem e utilizar-se de alguns símbolos, ignorando-se para quê existem e o seu verdadeiro significado.
Sendo uma festa que gera lucro, o Natal está sendo cada vez mais antecipado. Antigamente se começava a falar em preparar o Natal no início de dezembro, geralmente a partir do tempo de preparação litúrgica desta festa, que é o Advento. Agora, no mês de novembro ou até antes, já começam a ser expostos os produtos de Natal, com cantilenas e mil propagandas!
Com tudo isso, sentimos que as pessoas não têm mais a mesma alegria de antes, pois talvez não seja mais uma celebração que vem de dentro do coração. Era para ser uma grande alegria, mas talvez tenha se reduzido a uma alegria momentânea, sem efeitos profundos em nossas vidas. E de sua parte, Deus sempre prepara coisas grandiosas para nós, no entanto, nos contentamos com coisas pequenas.
A Palavra de Deus nos revela essa grande alegria: “Eu vos anuncio uma grande alegria, que será a de todo o povo: hoje, na cidade de Davi, nasceu para vós o Salvador, que é o Cristo Senhor!” (Lc 2, 10-11). Sem Ele jamais experimentaremos esta grande alegria. Só Ele pode nos dar a verdadeira paz. Só Ele pode nos dar a verdadeira alegria, pois Ele é o próprio amor em forma humana.
Que nós sejamos os portadores desta boa notícia, dessa grande alegria. Que as pessoas, de fato, consigam enxergar em nós a presença de Jesus Cristo. Que nossos gestos, palavras e atitudes demonstrem para todos que o Natal está sendo vivido intensamente, a fim de que o verdadeiro sentido do Natal e suas autênticas alegrias sejam resgatados. Deste modo, a ternura de Jesus Cristo pode chegar a todas as famílias e a todas as pessoas.
De coração, desejo a todos um Santo e Feliz Natal, na companhia de Jesus Cristo e de suas famílias e amigos, vivendo as grandes alegrias, porque Ele “veio morar entre nós” (Jo 1,14).

DOM VICENTE COSTA é bispo diocesano de Jundiaí

DOM VICENTE COSTA


Link original: https://www.jj.com.br/opiniao/dom-vicente-vivendo-as-alegrias-do-natal/
Desenvolvido por CIJUN