Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Espaço do Cidadão – 04/03/2019

ESPAÇO DO CIDADÃO | 04/04/2019 | 04:00

SOBRE A COLUNA DO MARTINELLI
O dr. João Carlos José Martinelli trouxe interessantes temas no portal j.j.com.br em 31/03/2019, sempre com seus excelentes textos de conhecimentos de grande valor comunicativo e vivência no quotidiano de nossos dias!
Dia 06 de abril, Dia Nacional de Mobilização pela Promoção da Saúde e Qualidade de Vida e também é comemorado Dia Mundial de Atividade Física. Promovendo em conhecimento: melhoria de bem-estar da população, apoio mobilização dos profissionais da saúde, governantes, religiosos de todos os credos ajudando e incentivando pessoas a procurarem ajuda médica e cuidados com a saúde. Situação de riscos por maus hábitos de vida; alimentação errada, falta de exercício físico, alta ingestão de gordura, cigarro, bebidas alcoólicas e outros que prejudiquem bem-estar. A qualidade de vida relacionada a conjuntura de políticas; saneamento, habitação, culturas onde a saúde é fundamental proporcionando satisfação e comodidade. Saúde é coisa séria, constitui bem-estar nos aspectos físicos mentais e sociais. Consideração do dr. João Carlos José Martinelli: evidentemente em nosso país não há muito que se comemorar nessa data que também poderia ser festiva, se a maioria de nossos homens públicos cumprissem efetivamente com seus deveres sociais e constitucionais.
No dia 02 de abril, o Dia Mundial do Autismo, criado pela Organização das Nações Unidas em 18 de dezembro de 2007. Conscientizar, redução da discriminação e preconceito com as pessoas afetadas pela síndrome neuro-psiquiátrica .Os transtornos do espectro autista ( TEA) sinaliza seriedade diferentes no que têm em comum; limitação da comunicação, linguagem verbal e não verbal; na interação social e comportamentos caracteristicamente estereotipados, repetitivos e com gama restrita de interesses. Apesar de não ter cura, terapias e medicamentos e é claro, muito amor podem proporcionar qualidade de vida para os pacientes e suas famílias.
Dia M, primeiro de abril, celebra-se o Dia Internacional da Mentira e das Brincadeiras. Lembrado apenas por crianças, volta a atrair atenção dos brasileiros, motivando muitas pessoas pregarem peças divertidas em outras. Teve origem na França em 1564 quando a data era festejada como Ano Novo, posteriormente substituida pelo Primeiro de Janeiro, por determinação do rei Carlos IX. Por isso, os franceses denominaram o primeiro de abril como o “dia falso”, passando a oferecer aos amigos presentes fictícios ou dissimulados e a contar piadas, costumes que persistem até hoje em muitos países.
Parabéns dr. João Carlos José Martinelli!
Adão Antônio Motta


Link original: https://www.jj.com.br/opiniao/espaco-do-cidadao-04032019/
Desenvolvido por CIJUN