Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Espaço do Cidadão – 06/11/2018

LEITOR | 06/11/2018 | 04:00

O HUMANO POLÍTICO: Não é só em Copa do Mundo. A noite do último dia 28 de outubro, domingo, registrou foguetório, buzinas, bandeiras esvoaçando pelas ruas e uma grande festa popular. Parecia o tri da seleção brasileira no México, em 70, ou a folia carnavalesca do tetra em 94 ou ainda o penta, nas madrugadas do Brasil, em 2002. Mas não se tratava, agora, de futebol.

O povo festejava o resultado da apuração eleitoral, com esplêndida vitória, nas urnas, do candidato Jair Messias Bolsonaro à Presidência da República. Deixávamos o complexo de vira-latas (diria Nelson Rodrigues) e passávamos a comemorar, não somente futebol, mas outras conquistas mais importantes. A expectativa do povo já se entusiasma na escolha dos que irão governar com o novo Presidente. Temos enfim uma Democracia, que já era apontada pela filosofia aristotélica, nas recomendações da “Política” e da “Retórica”,amplamente desenvolvidas pelo peripatético grego.

De Aristóteles e Platão, até Montesquieu e Augusto Comte, a preocupação com a dimensão social do indivíduo passa a fazer parte da governabilidade política. Esse vislumbre republicano baseou a expectativa popular ao aplaudir entusiasticamente a indicação do Juiz Sergio Fernando Moro para o Ministério da Justiça, ampliado e fortalecido. Na organização social do Ministério, prioritário seria o econômico. Sem dúvida, cabe ao ministro Guedes, que já foi apelidado, com pitadas de humor, de “Posto Ipiranga”, a preponderante função de conduzir a economia brasileira, devastada por duas décadas de irresponsabilidade!.

Contudo, o fator “Segurança” acaba permeando todas as preocupações do brasileiro, dentro de uma República em que o verdadeiro conceito deve ser o da “res publica= coisa da cidadania”, e o sentido da Democracia também prevaleça sobre o do fanatismo partidário, das ideologias da violência e do poder tirânico. Minorias ainda se levantam contra a figura do Juiz Moro e dos que realmente querem um Brasil melhor. Sucesso aos novos rumos da Pátria sob a presidência de Bolsonaro, lembrando que” a verdadeira Sabedoria é melhor do que a riqueza e tudo o que com ela se possa comparar”! (Prov.8,14).

Professor Antonio Luiz Gomes

‘GM vai lançar Botão de Pânico a mulher com medida protetiva’: Essa medida protetiva e nada é a mesma coisa. Você leva meses para um juiz lhe dar um papel dizendo que o fulano não pode chegar perto. Para quem quer matar faz isso antes de você pegar essa tal medida. Porque você fica a mercê meses de seu agressor. Por isso é que a maioria das mulheres não presta queixa, pois sabe que não existe proteção. Você faz BO, o dito cujo vai ficar com mais raiva e vai atrás da sua vítima com certeza.
Rosemary Franzini, via Facebook


Link original: https://www.jj.com.br/opiniao/espaco-do-cidadao-06112018/
Desenvolvido por CIJUN