Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Espaço do Cidadão – 08/11/2018

LEITOR | 08/11/2018 | 04:00

TRANSPORTE PÚBLICO: Tanto eu quanto outros usuários da linha 715 – Jardim São Camilo estamos sofrendo com a postura adotada por alguns motoristas dessa linha, que não estão parando na maioria dos pontos da região central e também no Jardim São Camilo. Quando questionamos o motivo, os motoristas dizem que fazem isso pela falta de cobradores, porque eles não querem cobrar a passagem.
Vânia Almeida, vendedora e usuária da linha

NOTA DA REDAÇÃO: A Unidade de Gestão de Mobilidade e Transporte (UGMT) informa que, conforme já amplamente divulgado, uma decisão do Ministério Público proíbe o motorista de exercer a função de cobrador nos coletivos. No entanto, a ausência de cobradores não é motivo para a não parada nos pontos quando a parada é solicitada pelo usuário. A UGMT pede aos usuários que informem, via 156, os pontos onde o ônibus não estaria realizando a parada para que seja possível verificar a procedência da reclamação. Todos os veículos dispõem de GPS e, por isso, é possível verificar se o motorista está descumprindo o trajeto. A UGMT ressalta que os usuários do transporte coletivo podem pagar a passagem utilizando diversas formas: cartão de crédito e débito com tecnologia sem contato, carteira virtual dos celulares e o próprio bilhete único que, além de agilizar a viagem, concede desconto de cerca de 10% no valor da passagem e promove integração com outras linhas no período de 1:30h cobrando apenas uma vez. A Unidade lembra, ainda, que fazer uso do transporte público e não efetuar o pagamento pela viagem é crime. O usuário que não optar por uma das formas citadas deve ir até o terminal de ônibus para pagar pelo uso do transporte para os cobradores itinerantes ou nas bilheterias.

AINDA SOBRE TRANSPORTE PÚBLICO: Vamos convidar prefeito, vereadores e etc para ir nos ônibus na hora de pico. Mas calma turma! Estão dizendo que em dezembro vem ônibus novos, vamos esperar com esperança ou sentados.
America Pacheco Neto, via Facebook

Transporte público de Jundiaí está ruim! Motoristas mal-educados, as linhas não seguem horários e existem muitos ônibus cheios de baratas. Essa é a Jundiaí do futuro?
Vinícius Passilongo, via Facebook

Será que está difícil colocar alguém para viajar de ônibus e conversar com os interessados? Saber a rotina, a rota e com dados reais fazer as mudanças? Cada pasta tem um gestor e seus comissionados. Se o trabalho não aparece é melhor substituí-los.
Sandra Fagundes, via Facebook


Link original: https://www.jj.com.br/opiniao/espaco-do-cidadao-08112018/
Desenvolvido por CIJUN