Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Espaço do Cidadão: 16/05/2019

ESPAÇO DO CIDADÃO | 16/05/2019 | 04:00

A IMPORTÂNCIA DO PROJETO PEDAGÓGICO E MEDIDAS EMERGENCIAIS
Em todas as atividades desenvolvidas pelo ser humano, para serem bem-sucedidas, é necessário saber inicialmente “onde se quer chegar”. Se não soubermos “onde”, não poderemos dizer se nossa atividade será ou não bem-sucedida. Na linguagem de um gestor, diríamos atingimos ou não atingimos a Meta ou o Objetivo. Aliado à meta, ou ao objetivo, deve-se estabelecer um caminho para se “chegar”. Portanto, ao relembrar o vocábulo grego ?d?? (odós), que significa caminho, e associando-o à meta, temos a palavra Método, que pode simplesmente ser traduzida como “o caminho para se chegar aonde se deseja “. Deste modo, toda atividade necessita de método, que fará parte de um Plano de Ação, o qual integra algo maior, conhecido por Projeto. No âmbito da Educação, temos o Projeto Pedagógico, que é imprescindível em qualquer sistema, seja ele da Rede Particular de Ensino, seja das Redes Públicas (municipais, estaduais ou federal). Um Projeto Pedagógico se estabelece com Objetivos pré-colocados, seguidos dos métodos a serem utilizados, para que os mesmos possam ser atingidos. Só assim poderemos dizer, depois de certo tempo, se a ação foi ou não bem-sucedida. Na Educação, não é recomendado o empirismo, não é recomendado a “tentativa e erro”. Na questão social, isto pode custar muito caro a uma geração. Na Educação, não se pode errar. Fiz esta breve reflexão, como preâmbulo, para poder dar sentido à minha avaliação acerca das medidas anunciadas no início do mês de maio, deste ano, pelo Governador do Estado de São Paulo, João Dória Júnior, e pelo seu Secretário de Educação, Rossielli Soares da Silva, acerca da Educação Básica. Ficou claro na iniciativa dos dirigentes estaduais de que o objetivo das medidas anunciadas é recolocar o estado de São Paulo na liderança do Ideb – Índice de Desenvolvimento da Educação Básica – no ano de 2021. Porém, com esta afirmação, também ficou claro que estas medidas são emergenciais. É como “trocar a roda danificada de um automóvel, com ele em movimento” para se tentar ganhar a corrida que está sendo disputada, mas não necessariamente o campeonato. As medidas anunciadas me agradaram, pois tratam de pontos importantes num processo educacional. Racionalizar o tempo das aulas, introduzir componentes curriculares inovadores, que tratarão de temas contemporâneos, readequar a carga horária dos componentes curriculares clássicos, com viés inter e multidisciplinar, são ações muito interessantes e bem-vindas no contexto atual do Sistema Educacional do estado de São Paulo, porém, só isto não basta. Como professor, educador e formador de professores, continuo esperançoso, pois sempre acreditei e acredito que somente com uma Educação adequada à nossa realidade, desde a infância até a Idade adulta, é que seremos a grande nação almejada por todos nós.
Ítalo Francisco Curcio

ESPACO DO CIDADAO


Link original: https://www.jj.com.br/opiniao/espaco-do-cidadao-16052019/
Desenvolvido por CIJUN