Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Espaço do Cidadão – 23/12/2018

LEITOR | 23/12/2018 | 04:00

SOBRE O ARTIGO ‘UMA DATA PARA REVERENCIARMOS NOSSOS VIZINHOS’: O artigo do Dr. João Carlos Martinelli no último domingo no portaljj.com.br (“Uma data para reverenciarmos nossos vizinhos”), alusivo ao Dia do Vizinho no dia 23 de dezembro e criado pela poetisa Cora Coralina, foi um dos melhores escritos deste respeitado escritor, meu ex-querido professor. De uma forma bem clara, colocou a indiferença das pessoas umas com as outras nos dias atuais, mostrou as desavenças entre vizinhos – muitas vezes por questões banais e que chegam à Justiça, ressaltando por fim a necessidade dos indivíduos se respeitarem e se solidarizarem. Muitas vezes estamos próximos fisicamente e muito distantes afetivamente. Mais uma vez parabéns ao Dr. Martinelli e fica a indicação de que todos deveriam ler esse artigo. Não só para conhecimento jurídico e geral, como para nos incentivarmos a uma convivência sempre pacífica.

Maria de Fátima Rodrigues

SOBRE A MATÉRIA ‘SEIS PASSAROS SÃO APREENDIDOS NA VILA MARLENE’: Caso que divide opiniões. É um hábito antigo e muitos idosos gostam de ter “seus passarinhos” como tantas pessoas gostam de ter cães, gatos… o cantar das aves é algo bom de se ouvir. Mas precisaria haver um trabalho de conscientização para quem gosta de aves domésticas. Primeiro, adquirir somente aves que podem ser criadas em casa (jamais aves silvestres, e para isso tem que se saber o que são aves domésticas e silvestres). Segundo, mesmo aves domésticas, teria que ser em gaiolas grandes e não essas antigas, pequenas, que isso é uma crueldade com os bichos. Há que se abolir de vez essas gaiolas, não entendo como ainda não existe lei proibindo esse tipo de gaiola. Mas o melhor de tudo mesmo é ouvir as aves livres, nas árvores. Fica aqui a reflexão e o debate.

George André

E agrotóxicos e desmatamento? Ter pássaros em casa desde que bem cuidados não é crueldade. Crueldade são os maus tratos no tráfico de animais. Na área rural teve muitos pássaros que aportavam nas árvores frutíferas. Por que será que sumiram?

Sandra Fagundes


Link original: https://www.jj.com.br/opiniao/espaco-do-cidadao-23122018/
Desenvolvido por CIJUN