Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Espaço do Cidadão – 24/08/2019

ESPAÇO DO CIDADÃO | 24/08/2019 | 04:00

DUAS IDEIAS QUE EU RESPEITO
“O ótimo é inimigo do bom” (quantas vezes alternativas razoáveis são recusadas!) e “pensar globalmente, agir localmente”.

Apesar de ser bióloga, não sei dizer quanto a Amazônia é culpada pelo aquecimento global (tão grande e difícil de fiscalizar, com índios, pobreza e exploração clandestina de seus recursos) e quanto é vitima: as árvores da Amazônia são sensíveis à redução das chuvas e já se prevê que, se o degelo nos Andes continuar, a tendência da floresta é virar savana (como nosso cerrado). Nos períodos de seca, mais árvores morrem e aumenta a tendência a incêndios, até naturais.

Aproveitando nosso choque com a cor da chuva carregada de fuligem, ainda mais que Jundiaí ainda não “lavou o ar” com uma boa chuva como São Paulo e Campinas, vale lembrar que ainda é comum em Jundiaí “limpar” com fogo, apesar de proibido: terrenos na zona urbana, chácaras e sítios, dar um fim naqueles restos de poda que a Prefeitura não recolheu… Caberia ao Poder Público divulgar mais essa proibição, fiscalizar (com drones?), multar.

Caberia também facilitar a coleta de restos de poda de jardim, tão fáceis de reaproveitar e que o cidadão, a menor dificuldade (demora na retirada, restrição de volume), já ensaca como lixo e se livra do problema. É mais barato para a prefeitura fazer compostagem do que mandar para aterro sanitário! Quando passam na minha rua as varredoras (no meu bairro, aos sábados), sempre penso que esse poderia ser também o dia semanal de recolhimento de restos de poda. Acabo de passar um mês em Londres, onde os cidadãos separam seus resíduos em 3 categorias: recicláveis, restos de comida e lixo, todos recolhidos no mesmo dia, uma vez por semana. Restos de poda nas áreas públicas são picados no ato e o caminhão já os leva prontos, com o volume reduzido. Jundiaí já tem muita coisa boa, mas sempre podemos melhorar!
Silvia C. R. de Vasconcellos


Leia mais sobre
Link original: https://www.jj.com.br/opiniao/espaco-do-cidadao-24-08-2019/
Desenvolvido por CIJUN