Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Espaço do Cidadão – 29/11/2018

LEITOR | 29/11/2018 | 04:00

CORREÇÃO: O título correto da reportagem da OAB na página 4 da edição desta quarta-feira (28) é “Chapa 1 espera priorizar união entre advogados” e não “‘Chapa 2” como foi publicado. As eleições da OAB acontecem hoje com a participação de 3,2 mil advogados inscritos na 33ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil, sediada em Jundiaí. Este ano concorrem a Chapa 1: “OAB para Todos”; Chapa 2: “Pela Advocacia”; e Chapa 3: “Pela Ordem, Sempre”.
Da redação

ESTATUTO DO IDOSO: Estivemos no JundiaíShopping na semana passada e quando fomos trocar as notas fiscais pelos cupons do sorteio dos carros da promoção de Natal do shopping nos deparamos com duas extensas filas. Ao afirmarmos aos funcionários que a Lei 13.466 de 12 de julho de 2017 alterou o Estatuto do Idoso, dando preferência aos idosos com mais de 80 anos sobre os idosos com mais de 60 anos, eles alegaram desconhecê-la. Gostaríamos de saber se, em algum local desse shopping, há divulgação sobre essa lei e se todos lojistas e funcionários receberam essa informação.
Faustino Vicente, advogado, professor e consultor em gestão de qualidade
Nota da redação: Procurado, o JundiaíShopping explica, em nota, que o cliente fez um relato junto ao Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC), que está em contato diretamente com ele para o retorno e esclarecimento das dúvidas apontadas. Reiteramos o compromisso do JundiaíShopping no cumprimento de todas as normas e leis vigentes, sempre visando o conforto e a tranquilidade dos clientes.
Em tempo: O leitor Faustino Vicente nos enviou ontem um e-mail relatando que recebeu um telefonema de uma funcionária do SAC do shopping pedindo desculpas pelo ocorrido e garantindo que a partir de agora o estabelecimento vai proceder de acordo com o Estatuto do Idoso: “É gratificante concluir que uma Ação de Cidadania muda a atitude de milhares de pessoas e beneficia outras milhares”

GOVERNO FAZ ACORDO PARA REDUZIR ATÉ 62% DO AÇÚCAR EM BISCOITOS E OUTROS ALIMENTOS: Não é à toa que o estudo é feito e optam pela redução. Milhares de pessoas morrem todo ano por obesidade, diabetes, entre outras doenças caudadas pelo consumo do açúcar. E não é “cada um come o que quiser”. Na grande maioria das vezes, nós consumidores não temos ideia da quantidade de açúcar e também de sódio que estamos ingerindo.
Michele Cristina Agiani Pessini, pelo Facebook


Link original: https://www.jj.com.br/opiniao/espaco-do-cidadao-29112018/
Desenvolvido por CIJUN