Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Espaço do Cidadão – 30/10/2018

LEITOR | 30/10/2018 | 04:00

SOBRE O ARTIGO “SEGUNDO TURNO AUMENTA A RESPONSABILIDADE DOS ELEITORES”: Muito bom o artigo do dr. João Carlos José Martinelli deste domingo (28) no portal do Jornal de Jundiaí (jj.com.br). Tem toda razão. A cidadania não se esgota com o voto. Não podemos desperdiçá-lo ou ignorá-lo, mas devemos observar e tentar corrigir o trabalho dos escolhidos. O autor, com muita propriedade, indicou: “a participação possibilita atentarmos aos achegos que prevalecem em muitas circunstâncias, evitando abusos e fiscalizando o que é feito com as coisas públicas. Mais do que nunca, temos que batalhar por uma sociedade justa e fraterna, ainda que tal tarefa seja constantemente dificultada por inúmeros aspectos. No entanto, é preferível pecar pela ação, que pela omissão”. Parabéns ao dr. Martinelli pelo brilhantismo e alcance de seu texto.
Luciana de Oliveira Silva

TRÂNSITO: A rua Angelo Mazzuia não deveria ser mão dupla. É um ponto cego para quem quer adentrar a avenida 9 de Julho, principalmente quem vem das ruas São Lázaro ou Com. Vicente Rossi, no Jardim Morumbi. Carros estacionam de qualquer jeito, nunca vi nenhuma fiscalização. Carros e caminhões praticamente fecham esta rua. As placas proibindo de estacionar são enfeites. Quantas vezes descendo esta rua deparamos nesta curva estreitíssima com carros ou caminhões em cima de você. O porquê de ser mão dupla até hoje não entendi. Agradar a quem? Da mesma forma na rua avenida Com. Vicente Rossi há uma placa proibindo estacionar, mas os veículos estacionam sem problemas. Já mandei e-mail para o gabinete do gestor de Mobilidade e Transporte, mas nunca recebi nenhuma resposta. Parece-me que o respeito ao cidadão a quem os secretários que trabalham para esta cidade, não existe.
Claudia M. L. Brandão

Nota da redação: A reportagem entrou em contato com a Prefeitura de Jundiaí, que respondeu: “A Unidade de Gestão de Mobilidade e Transporte (UGMT) informa que tecnicamente não é possível alterar o sentido da via solicitada. Inicialmente, foi realizada vistoria e levantamento de dados técnicos do local. Após análise, ficou constatado desgaste das sinalizações vertical e horizontal, sendo também, necessário o reforço da proibição de estacionamento em ambos os lados no trecho em curva. A unidade realizará a pintura do eixo duplo central amarelo com a colocação de tachões, com o objetivo de divisão das duas faixas de rolamento, tornando o fluxo veicular seguro. As medidas garantem condições satisfatórias de segurança. A UGMT ressalta que a fiscalização será intensificada no local para coibir as infrações de trânsito.”


Link original: https://www.jj.com.br/opiniao/espaco-do-cidadao-30102018/
Desenvolvido por CIJUN