Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Espaço do Cidadão – 31/07/2019

ESPAÇO DO CIDADÃO | 31/07/2019 | 04:00

MARCAÇÃO DE CONSULTAS NA UBS VILA APARECIDA

É nos informado o tempo todo que as UBSs dependem das vagas disponibilizadas pelo Sistema do SUS/Prefeitura para marcação de consultas com especialistas e exames, mas há UBS(s) nas quais a demora não é tão grande assim para agendar. Então, o problema não é somente a disponibilidade no sistema, pois se assim fosse, a demora seria igual para todas as UBSs da cidade de Jundiaí.
Pertencemos à UBS da Vila Aparecida e toda vez que precisamos agendar consulta com algum especialista ou exames, mesmo o clínico geral colocando caráter de urgência, a resposta que recebemos é sempre a mesma, “NÃO HÁ VAGAS, TEM QUE ESPERAR NA FILA”. Agora pergunto: um paciente que está doente precisando de um especialista e exames pode receber este tipo de resposta e pode ficar esperando um tempo enorme para conseguir se consultar e fazer os exames necessários? As doenças não esperam a disponibilidade no sistema! Minha mãe é uma idosa de 77 anos e passou em consulta com o Dr. Gilberto em 14/05/2019. Ele a encaminhou para um reumatologista e solicitou um eletrocardiograma, pois ela sofre com dores terríveis no corpo devido à artrose e está com muita falta de ar ao caminhar. Há UBSs com atendimentos melhores e mais rápidos para os pacientes. Um exemplo é a UBS da Vila Rami. Meu irmão pertence a ela e também precisou de um eletrocardiograma. Em uma semana foi agendado para ele fazer. Faz 2 meses que minha mãe está esperando para consultar com um reumatologista e fazer o eletrocardiograma e até agora não ligaram para agendar. Não sabemos o que pode estar causando esta falta de ar que ela tem. E se for algo grave? Vão esperar acontecer algo pior para depois ligar agendando os procedimentos necessários? Isso é um absurdo e falta de respeito para com as pessoas doentes principalmente os idosos!
Rosana Suzin da Silva

RESPOSTA DA PREFEITURA – A Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS) realizará aquisição de 30 mil consultas com o objetivo de eliminar as filas de espera entre todas as especialidades para a cidade. Com o atendimento, que contará com exames de diagnósticos nos casos especificados, as filas de espera serão eliminadas e os casos serão acompanhados pela rede, conforme a indicação médica para cada paciente. O caso da paciente, em específico, a UBS entrará em contato com a família para que a mesma passe por acolhimento e reavaliação da necessidade de saúde da paciente conforme critérios de classificação de risco e ter suas necessidades de saúde assistidas. É importante frisar que todos os serviços de saúde possuem sistema de acolhimento e classificação de risco, com o objetivo de garantir acesso qualificado e em tempo oportuno para as necessidades de saúde dos usuários.


Leia mais sobre
ESPAÇO DO CIDADÃO
Link original: https://www.jj.com.br/opiniao/espaco-do-cidadao-31-07-2019/
Desenvolvido por CIJUN