Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Estão preparados para a LGPD?

VÂNIA MAZZONI | 14/08/2019 | 07:30

Estamos vivendo um momento de transformação digital, isso é inegável e inevitável. Pessoas e empresas ainda estão se adaptando a esta forma de relacionamento. Já falamos sobre redes sociais, sobre automação de várias profissões e outros assuntos voltados à tecnologia aqui na coluna.

Nossos dados estão por toda a rede: cadastros armazenam informações pessoais, e nós concordamos com isso em troca de algum conforto. O que será que acontece com nossos dados pessoais nesta Big Data? Como as empresas os utilizam? Quanto vale nossos dados? Quem tem acesso?

A Lei Geral de Proteção de dados (LGPD) foi aprovada no Brasil e entrará em vigor em 2020. Esta lei regulamenta como empresas, organizações, comércio, serviços públicos e privados deverão coletar, armazenar e tratar informações pessoais de usuários, clientes e funcionários, estabelecendo novos procedimentos para atender esta questão.

Todos teremos que passar por uma readequação. Esses dias, li uma pesquisa feita pelo Serasa onde mostra que 85% das empresas não estão preparadas para adequar a infraestrutura na área da tecnologia da informação. Eu vou ter que passar por essa readequação na empresa e, com certeza, você, meu amigo empresário, também.

Pensando neste momento em que temos que nos preparar para essa mudança, afinal 2020 está chegando e as empresas que não cumprirem podem sofrer multas de até 2% do faturamento, limitados a R$ 50 milhões a cada incidente, o Ciesp Jundiaí está promovendo um encontro para discutir a LGPD com especialistas: o advogado Marcelo Fattori e o especialista em tecnologia da informação Jair Brito.

A ideia é compreender as principais características desta legislação e seus impactos sobre a indústria. Quais são os princípios e melhores práticas que devem ser atendidos tanto pelas empresas privadas quando pela iniciativa pública? A LGPD surge como uma resposta às cobranças para que o Brasil tivesse uma legislação para proteção de dados no mesmo nível que a Europa (GDPR).

Nós empresários devemos participar e já começar uma movimentação no sentido de criar consciência dentro da organização sobre a importância dos dados pessoais. Cada empresa, com sua característica, precisará se adaptar aos novos termos do mercado.

VÂNIA MAZZONI é diretora de RH. Site: www.novarh.com.br / E-mail: marketing@novarh.com.br


Leia mais sobre |
Link original: https://www.jj.com.br/opiniao/estao-preparados-para-a-lgpd/
Desenvolvido por CIJUN