Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Fortaleça-se

LICIANA ROSSI | 30/05/2020 | 07:00

Em tempos de crise passamos por um carrossel de emoções, momentos altos e baixos de humor, de tristeza, de entusiasmo e pânico. Mas neste momento não podemos nos dar a chance de baixarmos a nossa imunidade. E como deixar a imunidade alta se as emoções parecem estar em uma montanha-russa? É preciso centramento e muita força de vontade para passar por isso tudo forte, saudável e emocionalmente estável.

O “ter” ou “ser” é um dos paradigmas do momento. E se tem uma coisa que esta quarentena ensinou a muita gente é a importância do “ser”. A maioria das pessoas, educadas na importância do “ter”, consumistas, quase gananciosas, hoje sofrem por não se conhecerem. Sentem-se derrotadas, inseguras, com medo e vazias. O que fazer com um planeta à beira de um colapso por cauta de um bichinho invisível e brutalmente destruidor, que têm forçado as pessoas a se isolarem socialmente e pensarem sobre aspectos de si mesmas que a vida moderna consumista não as permitia?

Para se fortalecer é preciso se conhecer. O reconhecimento da própria identidade é um processo lento e delicado, muitas vezes árduo. Porém, conhecer quem você realmente é pode ser libertador. E talvez esse bichinho invisível que está fazendo um verdadeiro estrago tenho algo maior a nos ensinar. Se não fosse por ele, não teríamos tempo de olhar para dentro de nós, a nos deparamos com emoções inéditas tanto positivas quanto negativas, a olhar para lado e ver a sua família logo ali, seus filhos, prontos ou esperando para te dar um abraço.

A planejar o futuro não só no “ter”, mas principalmente no “ser”. O mais importante na vida é “ser” você mesmo, ter paz no coração, esperança e fé. Pois com isso, caso você passe por qualquer problema, ainda assim terá uma luz interna radiante que lhe guiará para o caminho certo, com a mente em paz, e terá a chance de olhar para as possibilidades com razão, na certeza de que isso tudo é passageiro e dias melhores virão.

É sobre esta força interna que eu gostaria que vocês refletissem. Treine sua força interna através de pensamentos positivos, da fé, preces, meditação diária, de uma limpeza no seu coração, tirando dele as mágoas e ressentimentos, perdoando e amando e auxiliando ao próximo. Deixando seu coração mais puro você terá mais saúde física e mental. Confiar no poder de algo maior quando tudo vai bem é fácil. Teste o tamanho da sua fé quando algo não vai bem. Os desafios da vida vêm para nos tornarmos mais fortes.

Então, para ser realmente forte e resiliente, física e emocionalmente, mantenha uma organização. Não só da sua rotina alimentar, mas dos exercícios físicos, da hidratação e do sono, que certamente garantirão sua imunidade alta, mas se sua força interna estiver abalada, sua saúde estará em risco. Muita saúde a todos.

LICIANA ROSSI é educadora física formada pela ESEF Jundiaí, pós-graduada em treinamento físico pela Unicamp e ginástica corretiva pela FMU-SP; exercícios corretivos pela Academia Nacional de Medicina Esportiva – NASM/USA; CHEK Practitioner nível 2 Califórnia/USA; Holistic Life Style Coach/CHEK Institute/USA.


Leia mais sobre |
Link original: https://www.jj.com.br/opiniao/fortaleca-se/
Desenvolvido por CIJUN