Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Glauco Gumerato: O repúblico Pedro Fávaro

GLAUCO GUMERATO RAMOS | 28/05/2019 | 07:30

Repúblico é substantivo-adjetivo que identifica a qualidade de quem cultiva e põe em prática os valores da REPÚBLICA. Na história da política de Jundiaí houve um, dentre outros, que ostentou essa qualidade que deve presidir os atos e atitudes do homem público. Seu nome: Pedro Fávaro!

Em 15 de maio de 2004 o Professor Pedro Fávaro nos deixava. Após sua partida foi criado um Grêmio Cultural que leva seu nome e que hoje funciona na Casa da Cultura de Jundiaí. Neste ano de 2019 relembram-se os quinze anos de sua passagem.

Daí o motivo de o Grêmio Cultural Prof. Pedro Fávaro ter lançado um concurso de poesias em sua homenagem. No próximo dia 1º de junho, sábado, a partir das três da tarde haverá a solenidade de premiação no auditório do centenário Gabinete de Leitura Ruy Barbosa, na região central de Jundiaí. Anuncia-se que cinquenta e sete poemas aportaram para ao concurso, sendo que vinte e três foram selecionados para avaliação do corpo de jurados formado pelos escritores Julia Heimann, Sérgio Oliveira e Flávia Cunha.

Não convivi com Pedro Fávaro. Mas lembro-me bem de sua esguia e imponente imagem circulando por Jundiaí. Sua filha Gisela foi minha contemporânea da “Gloriosa 25ª Turma da FADIPA”, em 1997. O Professor estava presente em nossa formatura. Como a Turma dividia-se por ordem alfabética, o destino me permitiu que na solenidade de Colação de Grau eu tivesse assento ao lado de Gisela, e daí podia vê-la sendo observada por seu pai.

Mesmo após formado, seguia vendo Pedro Fávaro pelo centro da cidade. Minha ex-colega de Faculdade era servidora do Poder Judiciário e por mais de uma vez lembro-me de ver o ex-Prefeito municipal indo buscar sua filha ao final do expediente no fórum de Jundiaí. Era ele, o Professor Pedro Fávaro, e seu indefectível automóvel Corcel azul metálico. E se a memória não me trai creio ainda lembrar que sempre confinava um cigarrinho entre os dedos.

Pedro Fávaro é dessas pessoas públicas que, para além daquilo que foram, deixam no rastro de sua caminhada terrena um halopor dentro do qual se criam diversos enredos capazes de impactar o imaginário coletivo. É natural que no exercício das várias funções públicas que exerceu em Jundiaí, no Executivo ou no Legislativo, o Professor tenha feito um ou outro desafeto. Ninguém é capaz de agradar ou atender ao interesse de todos. Isso é impossível.

GLAUCO GUMERATO RAMOS é Advogado. Professor da FADIPA. Presidente para o Brasil do IPDP. Diretor de Relações Internacionais da ABDPro.


Link original: https://www.jj.com.br/opiniao/glauco-gumerato-o-republico-pedro-favaro/
Desenvolvido por CIJUN