Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Guaraci Alvarenga: Hora de decidir

GUARACI ALVARENGA | 26/10/2018 | 07:30

Vamos fazer valer a pena nosso voto neste próximo domingo. Entendendo-se que o voto, no mais das vezes, não é a aposta numa idéia e sim, um ato de fé, é compreensível que os candidatos a cargos políticos pretendam, em suas arengas, atingir mais o coração do que o cérebro de seus eleitores. Tem gente prometendo aumentos salariais que nunca cumprem. Os aposentados da iniciativa privada continuam na extrema penúria. O salário mínimo da miséria.

O aumento deste ano foi de R$ 17. Prometem milhões de empregos enquanto que as empresas fecham as suas portas pelo custo Brasil. Vi na rede social a dura realidade de um idoso brasileiro: tem direito a transporte gratuito, meia entrada no cinema e teatros e acreditem o preço de plano de saúde em dobro. Parece inacreditável, mas é a pura verdade.

A história tem revelado que muitos candidatos, nas eleições quando eleitos, tem o péssimo vício de se arvorarem no monopólio da virtude. E em nome dessas pretensas qualidades, se julgarem acima do bem e do mal. Praticam na verdade, sem o menor constrangimento, todos os pecados, que antes atribuem aos seus adversários. Não há remorsos nem problemas de consciência. Esquece-se, rapidamente, que foram eleitos, para representar as camadas mais desfavorecidas da população.

O direito à saúde e a uma aposentadoria digna e outros direitos sociais, complexas áreas de atuação, ficam à mercê da vontade política. Simplesmente ignoram que tais direitos dependem de políticas públicas complexas, que têm custos e que os recursos são escassos, porém não dão resposta adequada a esse importante desafio. E o pior, soma sim, alguns tristes “ismos”, em suas biografias, como o corporativismo, o fisiologismo, o nepotismo. E haja corrupção.

É tudo em nome da “causa”… e não bastasse tudo isso, haja deslealdade. Carregam sobre os ombros o fardo insuportável de conceitos arcaicos, ressentimentos envelhecidos e ódios estéreis. Vaiam a diversidade. Assaltam a controvérsia. Faz oposição à própria sombra. Elogiam os caminhos da união em público, e são os primeiros a criticá-la nos bastidores. Atacam e denigrem os adversários, mesmo os íntegros e bem intencionados, através da pobre genialidade dos rotuladores de plantão.

Não toleram a verdade alheia, como gostariam que as suas fossem toleradas. É hora, portanto caro eleitor de redobrar a atenção, exercer sua cidadania, pela melhora da qualidade dos candidatos e pela seriedade dos que aspiram um cargo público. “Reforcemos nosso olho crítico em relação aos candidatos, para votarmos em quem realmente vale a pena.”

GUARACI ALVARENGA é advogado. E-mail: guaraci.alvarenga@yahoo.com.br

GUARACI ALVARENGA


Link original: https://www.jj.com.br/opiniao/guaraci-alvarenga-hora-de-decidir-2/
Desenvolvido por CIJUN