Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Heitor Freddo: Paulista x Comercial, um jogo maior que o campeonato

Heitor Freddo | 12/08/2018 | 04:40

16 de novembro de 2011. Jayme Cintra pulsava na entrada dos times em campo. 6.625 pessoas em uma só voz empurrando o Paulista na busca do terceiro título da Copa Paulista (carinhosamente chamada de Copa do Paulista). Do outro lado estava o tradicional Comercial de Ribeirão Preto, clube que engrandecia uma decisão digna de um clássico do interior. Alan Mineiro e Reinaldo garantiram a vitória por 2 a 0.

Três dias depois o título foi consolidado no também pulsante estádio Palma Travassos. A torcida da casa fez sua parte, mas quem tomou conta da festa foi a caravana jundiaiense, comandada pela sempre atuante Raça Tricolor. A taça veio numa derrota, é verdade, mas com um saboroso 2 a 1 que não foi suficiente para abafar o grito de um torcedor que estava acostumado a ser feliz.

Naquele dia era impossível imaginar que, sete anos depois, Paulista e Comercial se enfrentariam na última divisão do Campeonato Paulista. O Bafo havia acabado de conquistar o aceso na Série A-2, confiante de que aquela base garantiria pelo menos a permanência na Elite em 2012 – terminou na lanterna.

O Galo sobrevivia ano após ano aos riscos de queda, confiante de que era questão de tempo para voltar à Série B do Brasileiro. Nada disso aconteceu, mas nem o atual momento melancólico apaga a história e a grandeza das duas agremiações. Jundiaí e Ribeirão Preto não merecem passar por esse calvário.

O confronto desse domingo é maior do que a própria competição. Paulista e Comercial deveriam estar se enfrentando na Série A-1. Enquanto não estão, cabe ao torcedor do Galo mostrar que aquela chama de 2011 não se apagou. Claro que os mais de 6 mil pagantes seriam uma utopia, mas o ambiente de festa e incentivo em Jayme Cintra pode ser repetido na voz de cada torcedor que for ao estádio neste domingo.

Espírito guerreiro
O torcedor que acompanhou o duelo contra o Itapirense há duas semanas pode ter voltado para casa com uma sensação ruim. A apresentação do Paulista mereceu mesmo esse rótulo. Mas acredite: o time de Sérgio Caetano é muito mais do que aquela manhã horrorosa. O jogo de volta em Itapira provou isso.

E neste domingo a conta é simples: uma vitória por qualquer placar coloca o Paulista um degrau acima na disputa pelo acesso. E esse é o momento de vestir a camisa tricolor. Subir para a A-3 não será a maior conquista de quem ostenta uma estrela dourada no peito, mas é o passo mais importante na manutenção dessa história.

Vencer o Comercial na final da Copa Paulista foi uma delícia, mas se essa é a nossa realidade atual que seja tratada como uma disputa da Libertadores da América.

 

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação


Leia mais sobre | |
Link original: https://www.jj.com.br/opiniao/heitor-freddo-paulista-x-comercial-um-jogo-maior-que-o-campeonato/
Desenvolvido por CIJUN