Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

José Renato Nalini: Quem tiver juízo

JOSÉ RENATO NALINI | 26/07/2018 | 05:30

Não pode deixar de prestar atenção e de fazer algum gesto para tentar salvar a humanidade. Perguntar-se-á: como é que eu, indivíduo só e indefeso, conseguirei salvar a espécie humana? De início, fazer exatamente o contrário do que se costuma assistir. Ninguém se sente responsável pelo aquecimento global. Mas todos somos responsáveis. Não há inocentes quando se trata de maltratar o ambiente. Ou vejamos: você se sente obrigado a neutralizar aquilo que produz de poluição? O que você faz com os resíduos sólidos que descarta inconsciente e permanentemente?

Você assiste ao desmatamento acelerado e faz alguma coisa para refreá-lo? O que pode ser feito? Muita coisa. Denunciar, fiscalizar, cobrar, exigir providências de quem pode atuar e autuar. Mas também é possível tentar reduzir o malefício perpetrado pelo dendroclasta, o exterminador do futuro, que destrói o verde. Não há espaço algum perto de sua casa, de sua rua, de seu bairro ou de sua cidade onde se possa fazer um pequeno refúgio ambiental? Quantos imóveis abandonados, quantas vias públicas sem uma árvore, quantos terrenos públicos ou privados que poderiam ser convertidos em jardins, hortas, pomares ou pequenos bosques?

O que você tem feito para coibir essa prática nociva de emporcalhar a cidade? Não bastasse a falta de cuidado de muitos ignorantes que acreditam que a via pública é sua lata de lixo, contribuem para a sujeira algumas empresas que teimam em distribuir panfletos, cartões, jornais e outras propagandas. Isso tudo vai parar no passeio, depois na sarjeta, depois na boca de lobo, e vai entupir o escoamento de águas pluviais. Todos podem fazer alguma coisa: chamar a atenção dos descuidados ou dos mal educados. Fazer chegar a quem faz propaganda produzindo resíduo descartável o seu descontentamento e tentar fazer com que a consciência ambiental distribua mudas ou sementes, em lugar de papel.

HOMENAGEM DOUTOR JOSE RENATO NALINI NO FORUMProteger a natureza é proteger o seu futuro. A Terra está cansada de reclamar e a única forma de responder à insensatez da raça humana é se revoltando, se indignando e produzindo intempéries, cataclismos, inundações, secas, crises hídricas e tudo aquilo que vai fazer com que a linda aventura dos seres ditos racionais sobre o frágil planeta se encerre antes do que se poderia esperar.

JOSÉ RENATO NALINI é desembargador, reitor da Uniregistral, escritor, palestrante e conferencista


Leia mais sobre | | | |
Link original: https://www.jj.com.br/opiniao/jose-renato-nalini-quem-tiver-juizo/
Desenvolvido por CIJUN