Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Kelsang Chime: Doença

KELSANG CHIME | 25/05/2019 | 07:30

Nosso nascimento dá origem ao sofrimento da doença. Assim como o vento e a neve do inverno roubam a glória dos prados verdejantes, das árvores, das florestas, e das flores, a doença nos toma o esplendor da juventude do nosso corpo, destruindo o seu vigor e o poder dos nossos sentidos. Se normalmente somos saudáveis e nos sentimos bem, quando adoecemos ficamos repentinamente incapazes de nos envolver em nossas atividades físicas habituais. Extraído da livro Novo Manual de meditação “Geshe Kelsang Gyatso”.

Quando estamos saudáveis e nossa energia está normal, não pensamos que adoecemos, mas tudo é incerto podemos estar saudáveis de manhã e à tarde estarmos doentes.

E quando ficamos doentes nos tornamos impacientes, repentinamente incapacitados e até dependentes dos outros, todos esses tipos de frustrações nos tornam indefesos e frágeis.

Facilmente ficamos deprimidos com todas as coisas que, normalmente, nos dão prazer, ficam inacessíveis.
Com todas essas limitações nos sentimos infelizes e frequentemente com raiva.

Sabendo de tudo isso devemos nos proteger contra esta frustração treinando a mente em meditação, ou seja praticando pensamentos calmos e pacíficos desde antes de ficarmos doentes, desde já.

Se descobrirmos que nossa doença é incurável e não tivermos nenhuma experiência espiritual, sofreremos de ansiedade e medo e arrependimento.

Não temos a menor ideia de quando perderemos a saúde, mas podemos nos proteger treinando paciência, e amor, compreendendo que ninguém é culpado pela nossa doença, inclusive devemos estar agradecidos se tiver alguém que cuide de nós.

Podemos começar cuidando de alguém neste estado com uma mente amorosa, quando fazemos isto estamos criando a causa de também encontrarmos alguém que nos cuide com amor.

Dar nosso tempo e cuidados para alguém enquanto estamos saudáveis, nos faz sentirmos que somos úteis aos outros. Essa mente é pacífica e traz muita felicidade, não importa realmente o quanto podemos ajudar, mas quando o fizermos que seja com um sentimento amoroso. Tem sempre alguma coisa que podemos fazer.

Nosso nascimento humano é um verdadeiro sofrimento; ele é precioso e valoroso somente quanto utilizamos nossa vida com sabedoria, e isso quer dizer ajudar os outros. Pense nisso!

KELSANG CHIME é monja budista. E-mail: kelsang.chime.br@gmail.com

KELSANG CHIME


Leia mais sobre |
Link original: https://www.jj.com.br/opiniao/kelsang-chime-doenca/
Desenvolvido por CIJUN