Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Kelsang Chime: Para melhorar nossas capacidades humanas

KELSANG CHIME - opiniao@jj.com.br | 03/03/2018 | 01:29

O propósito de compreender, acreditar na lei de causa e efeito (ou carma), é impedir o sofrimento futuro e alcançar um estado mental mais consciente, livre de ignorância. Geralmente, a palavra carma significa ação e cada uma delas (positiva, negativa ou neutra) que fazemos tem seu próprio efeito.Das ações positivas, isto é, altruístas e virtuosas (feitas com bom coração), surge felicidade.Das ações negativas, egoístas e não virtuosas (feitas com mentes negativas), surge sofrimento.

MONJA KELSANG CHIMEARTICULISTACOLUNISTA

      KELSANG CHIME é monja budista

Nossa mente é como um campo. E executar ações é como semeá-lo. Toda ação que executamos sutilmente deixa um potencial.Sempre que fazemos ações virtuosas com bom coração, tais como meditar, dar comida para quem tem fome e outras práticas espirituais, como rezar e sentir amor e compaixão, criamos, com essas ações, experiências de felicidade.Uma vez que desejamos ser felizes e nunca sofrer, precisamos purificar nossas ações e torná-las virtuosas.

LEIA OUTRAS COLUNAS DE KELSANG CHIME

Uma vida significativa

LEIA A OPINIÃO DE OUTROS COLUNISTAS DO JORNAL DE JUNDIAÍ

Normalmente nos preocupamos com o que os outros fazem ou pensam – inclusive sobre nós -, mas seria muito melhor se vigiássemos nossas intenções que dependem apenas de nossa decisão de fazê-las. Podemos, com uma mente calma, escolher, por exemplo, fazer ações com as melhores intenções, aquelas que beneficiam os outros.O resultado desse comportamento será sempre felicidade. As escrituras budistas relatam a historia de um homem chamado Nyempa Sangden. Ele era tão feio que só de vê-lo as pessoas se sentiam mal. Mas sua voz era tão melodiosa que, ao escutá-la, todos desejavam ficar ao seu lado. Buda , o único capaz de saber a relação exata entre as ações e seus efeitos, explicou o caso de Nyempa: “Certa vez um rei contratou muitos homens para construírem uma grande estupa (construção budista que simboliza a mente de Buda). Passado algum tempo, um dos trabalhadores ficou exausto, com mente negativa e voltou-se contra o projeto do rei, resmungando consigo mesmo: ‘Para que serviria uma estupa tão gigantesca’?

Contudo, quando a estupa ficou pronta e foi consagrada, arrependeu-se de ter ficado com raiva e ofereceu um lindo sino para ser colocado nela. A hostilidade do trabalhador causou a feiura do homem e a oferenda do sino resultou em sua voz divina”. Precisamos entender de que modo a qualidade das nossas ações atuais determina a qualidade de nossas experiências futuras e, com isso, tomar a firme decisão de termos um bom coração em todos os momentos do dia.

KELSANG CHIME é monja budista. E-mail: kelsang.chime.br@gmail.com


Link original: https://www.jj.com.br/opiniao/kelsang-chime-para-melhorar-nossas-capacidades-humanas/
Desenvolvido por CIJUN