Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Martinelli: Hoje é o Dia Nacional da Saúde

JOSÉ CARLOS MARTINELLI | 05/08/2018 | 01:52

Comemora-se a 05 de agosto, hoje, o Dia Nacional da Saúde por ser a data de nascimento do sanitarista Oswaldo Cruz em 1872, um importante personagem na história do combate e erradicação das epidemias da peste, febre amarela e varíola no Brasil no começo do século XX. Foi responsável pela da fundação da Academia Brasileia de Ciências e da criação de um importante instituto que tem hoje o seu nome e que visa estudar doenças epidêmicas. A celebração tem o objetivo de ressaltar a importância da educação sanitária, transformando-se também numa excelente oportunidade de conscientização e realização de promoções que enfatizam a importância do cuidado com a saúde humana e principalmente, de que em nosso país é quase que permanentemente desleixada por nossas autoridades, provocando uma situação caótica e vergonhosa na área em todo o território nacional.

Com efeito, os reflexos dessa situação são evidenciados todos os dias: filas em postos de saúde e hospitais; marcação de consultas e de cirurgias com longos períodos de espera; hospitais com tecnologia desatualizada e sucateada; profissionais nem sempre atualizados, muitas vezes em decorrência do excesso de horas de trabalho mal remunerado, que impede disponibilidade de tempo e recursos econômicos para sua imprescindível reciclagem; atendimento precário de portadores de moléstias graves; doentes praticamente largados em corredores das instituições e muitos outros exemplos desoladores. Também podemos apontar inúmeras tentativas de se utilizar deste importante setor para fins políticos. Infelizmente, em muitas situações os interesses pessoais ou de grupos econômicos ditam as suas normas e regras, relegando os anseios da população para um segundo plano, independente do que as pessoas possam sofrer ou das reações manifestadas de desespero, de dor e de inconformismo que venham a expressar.

CLIQUE AQUI E CONFIRA OUTRAS COLUNAS DE OPINIÃO DOS ARTICULISTAS DO JORNAL DE JUNDIAÍ 

Reiteramos que dentre os inúmeros e sérios problemas que afetam e prejudicam o setor, talvez o mais grave se constitua no fato do sistema atual transformá-lo de um direito de cidadão constitucionalmente garantido em um privilégio econômico, acessível a poucos e perante a fragilidade dos órgãos públicos, proliferam os planos de saúde da área privada. E apesar de se revelar numa incumbência pública, o que se vislumbra uma enorme distorção que também evidencia a dramática característica da desigualdade, inerente a outros aspectos sociais de igual relevância.

Uma concepção moderna de saúde indica que ela se constitui no bem-estar do indivíduo nos aspectos físico, mental e social. Por isso, o Dia Nacional da Saúde serve para lembrar a todos que ela é coisa séria e como tal, deveria ser tratada, pois ao contrário, revela-se em fiel depositária de muitas das mazelas sociais, como constantemente podemos verificar em todos os rincões brasileiros. Evidentemente em nosso país não há muito que se comemorar nessa data que também poderia ser festiva, se a maioria de nossos homens públicos cumprissem efetivamente com seus deveres sociais e constitucionais.

*JOÃO CARLOS JOSÉ MARTINELLI é advogado, jornalista, escritor e professor universitário. É presidente da Academia Jundiaiense de Letras (martinelliadv@hotmail.com)JOÃO CARLOS JOSÉ MARTINELLI


Link original: https://www.jj.com.br/opiniao/martinelli-hoje-e-o-dia-nacional-da-saude/
Desenvolvido por CIJUN