Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Messias Mercadante: Fórum Econômico Mundial

MESSIAS MERCADANTE - redacao@jj.com.br | 21/03/2018 | 04:12

Foi encerrado na quinta-feira passada, dia 15, o Fórum Econômico Mundial para a América Latina, em São Paulo. Os debates apontaram desafios para a democracia na Região, como o populismo, a exclusão social e a falta de confiança nas instituições.
Os fatos acima são recorrentes e oportunizam ambientes na política para a predominância dos candidatos populistas e demagógicos, que muito prometem e saem vitoriosos nas eleições.

Ainda prevalece a desinformação dos eleitores que, diante da realidade cruel da exclusão social e da falta de confiança nas instituições, entregam o poder a presidentes que prometem benefícios e ambientes sócio-econômicos altamente favoráveis para o País sem fundamentos sólidos, que mostrem a viabilidade de suas promessas e, de certa forma, sem qualquer compromisso para com a verdade, com a Justiça e o efetivo bem estar social. Tudo fica circunscrito a “jogos de palavras” e “jogos de promessas”, que agradam a sociedade, principalmente, às classes menos favorecidas e aquelas menos informadas da sociedade, no Brasil e também nos outros países da América Latina.

A editora da Coluna Mercado Aberto, da Folha de S.Paulo, Maria Cristina Frias, afirmou que “é preciso inspirar, dar alento, mas com cuidado”. Lembrou, ainda, de programas como o Fies (financiamento voltado para o ensino superior) e o Minha Casa, Minha Vida (destinado à moradia popular) – que não eram viáveis e “ajudaram a estraçalhar o orçamento público”. Para Andrés Velasco, professor da Universidade Columbia e ex-ministro de Finanças do Chile, a crença na política e na democracia é muito baixa e isso nos deve preocupar.
Há um enorme sinal de alarme, afirmou Ngaire Woods, reitora da escola política da Universidade de Oxford, porque em vários pleitos recentes, como as eleições presidenciais da França e do Chile e o caso da saída do Reino Unido da União Europeia, a população votou contra o status-quo. “São tempos difíceis que acendem um enorme sinal de alerta”.
Fica a lição e o dever de casa para nós, brasileiros.

MESSIAS MERCADANTE é professor da UniAnchieta, autor do livro “O Gerenciamento da Vida Pessoal, Profissional e Empresarial” – Ed. M. Books – SP – e gestor de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia de Jundiaí. E-mail: messiasmercadante@terra.com.br


Link original: https://www.jj.com.br/opiniao/messias-mercadante-forum-economico-mundial/
Desenvolvido por CIJUN