Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Messias Mercadante: Os números para 2018

MESSIAS MERCADANTE - opiniao@jj.com.br | 14/03/2018 | 06:00

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgou, na semana passada, o desempenho da economia brasileira em 2017, com um crescimento de 1% do PIB – Produto Interno Bruto – em relação ao ano de 2016. Uma importante reversão da curva declinante da nossa economia nos últimos três anos. O detalhamento do desempenho por regiões nos revela, além do perfil predominante da atividade econômica do agronegócio, a não disseminação dessa expansão para regiões mais industrializadas, como podemos observar abaixo:

MESSIAS MERCADANTE

– O Sudeste, que tem participação no PIB de 53,2%, apresentou crescimento negativo de 0,7%;
– Já o Sul (16,9% do PIB) cresceu 3,4%;
– A região Nordeste (14,5% do PIB) cresceu 1,7%;
– O Centro-Oeste (9,9% do PIB) cresceu 2,4%;
– E a região Norte (5,5% do PIB) cresceu 2,6%.

LEIA OUTRAS COLUNAS DE MESSIAS MERCADANTE

“O Livre Comércio Mundial” / “Que futuro queremos?”

LEIA MAIS COLUNAS DE OPINIÃO DOS ARTICULISTAS DO JORNAL DE JUNDIAÍ

Com os números citados, conjugados com o aumento de 78 mil empregos formais já no início deste ano; com uma inflação baixa, projetada para 3,5% neste ano; com juros básicos que tendem para 6,5% a.a.; com o aumento da oferta de crédito no país; com um desempenho muito favorável na balança comercial, com um superávit em torno de US$ 65 bi; e com a manutenção, em níveis satisfatórios dos investimentos diretos dos estrangeiros, que podem chegar a US$ 70 bi, o Brasil, pode, efetivamente, crescer mais que 3% em 2018. Um fato relevante é que a disseminação do crescimento econômico, que não ocorreu em 2017, já pode ser percebida neste ano com um melhor desempenho em todo o País do setor industrial, que já inicia um processo gradual de crescimento dos investimentos. Outro importante fato que verificamos é o aumento da confiança dos consumidores, que voltam a consumir com maior efetividade e desenvoltura. Os fatos acima são reais e nos permitem olhar com entusiasmo para o futuro. Teremos, todavia, no meio desse processo, as eleições em outubro próximo. Que os eleitores brasileiros sejam felizes em suas escolhas.

MESSIAS MERCADANTE é professor da UniAnchieta, autor do livro “O Gerenciamento da Vida Pessoal, Profissional e Empresarial” – Ed. M. Books – SP – e gestor de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia de Jundiaí. E-mail: messiasmercadante@terra.com.br


Link original: https://www.jj.com.br/opiniao/messias-mercadante-os-numeros-para-2018/
Desenvolvido por CIJUN