Opinião

O dia em que a Terra parou


Raul Seixas tinha um estilo musical que era chamado de "contestador/místico." Mas por que falar do Raul Seixas que perdemos? Quando nos deparamos com a crise mundial provocada pelo novo coronavírus, com efeitos desastrosos para a economia brasileira, surpreende-nos a letra de uma das composições deste grande artista datada da década 70. Foi assim/No dia em que todas as pessoas/Do planeta inteiro/Resolveram que ninguém ia sair de casa/Como que se fosse combinado em todo/O planeta/Naquele dia, ninguém saiu de casa Restrição a toda aglomeração de pessoas e contatos pessoais com as mãos, pedindo, principalmente aos idosos, o isolamento domiciliar. Como se fosse combinado em todo. O empregado não saiu pro seu trabalho/Pois sabia que o patrão também/não estava lá/Dona de casa não saiu pra comprar pão/Pois sabia/que o padeiro também não estava lá. Pobre do humilde trabalhador que utiliza do transporte publico, onde a aglomeração de pessoas é fato inevitável. E o guarda não saiu para prender/Pois sabia que o ladrão, também não estava lá/E o ladrão não saiu para roubar/Pois sabia que não ia ter onde gastar. Há restrição de visitas, isolamento de presos com suspeita da doença e medidas mais rígidas de higiene. Entretanto, o que estamos assistindo é a fuga de muitos presos e outra rebeliões em penitenciárias devido ao temor o que o vírus pode causar E nas Igrejas nem um sino a badalar/Pois sabiam que os fiéis também não/estavam lá/E os fiéis não saíram pra rezar/Pois sabiam que o padre também não estava lá. O Papa proibiu que beijassem sua mão, as procissões estão proibidas e há restrição do número de pessoas aos cultos religiosos, mas acreditem: estão vendendo gel álcool ungido e tentando fazer "cultos para a imunização." E o aluno não saiu para estudar/Pois sabia que o professor também não estava lá/E o professor não saiu pra lecionar/Pois sabia que não tinha mais nada pra ensinar. Há de se perguntar: como fica a merenda escolar para as crianças mais pobres ? O comandante não saiu para o quartel/Pois sabia que o soldado também não estava lá/E o soldado não saiu pra ir pra guerra/Pois sabia que o inimigo também não estava lá. O Exército brasileiro segue os protocolos do Ministério da Saúde. E o paciente não saiu pra se tratar/Pois sabia que o doutor também não estava lá/E o doutor não saiu pra medicar/Pois sabia que não tinha mais doença para curar. A grande preocupação é que o Sistema Único de Saúde (SUS) não suporte a demanda de pacientes. O major Olimpio deu uma boa ideia aos presidentes Rodrigo Maia e Alcolumbre: que destinem parte da verba do fundo eleitoral, dois bilhões de reais, em socorro aos Estados mais necessitados. Afinal o dinheiro é do povo a ao povo deve servir. Essa noite, eu tive um sonho de sonhador. Deus nos há de amparar e nos iluminar diante de tantas adversidades. GUARACI ALVARENGA é advogado

Notícias relevantes: