Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Renato Nalini: Natureza milagrosa

JOSÉ RENATO NALINI | 27/01/2019 | 06:30

Embora o número de céticos seja proporcional à ignorância, doença contagiosa, a ciência comprovou que o contato com a natureza traz saúde. Matilda van den Bosch, médica sueca, tem evidências de que a natureza promove saúde. Uma constatação: por que hoje há tanta alergia? Por que perdemos o contato direto com o ambiente. Não andamos mais descalços, não corremos pelo mato, só respiramos ar condicionado. Cada vez mais viciado e envenenado.
Hoje há provas de que a saúde humana está condicionada à saúde do planeta. Falta de atividade física, depressão, solidão, estresse e mudanças climáticas ocasionam obesidade, enfermidades cardiovasculares e respiratórias e transtornos mentais. Tudo isso pode ser amenizado se voltarmos a um sadio convívio com a natureza.
As áreas verdes urbanas, por exemplo, reduzem os efeitos das ilhas de calor. Reduz-se o nível de mortalidade e morbidade associadas a calor. Quando são amigas da natureza, as pessoas vivem mais e melhor. Respirar perto das árvores atenua os efeitos da asma, alivia o estresse e a depressão.
É uma questão de educação. Embora prevista até na Constituição, a educação ambiental não merece a devida atenção. Com isso, o governo gasta cada vez mais com saúde.
É muito perigoso acreditar que possamos destruir ainda mais as florestas. Ao contrário, cada cidadão do mundo deveria ser um plantador de árvores. É urgente cuidar das florestas como se não houvesse amanhã. Isso está muito mais próximo do que se gostaria. O investimento na infraestrutura verde e no zelo pela água é a prioridade no Brasil.
Educar para o ambiente é algo simples, porque ninguém tem coragem de dizer-se inimigo da natureza. Só que a simpatia, o reconhecimento de que algo deve ser feito é insuficiente. As pessoas têm que arregaçar as mangas. Literalmente. Colher sementes das árvores nas vias públicas, que se perdem com a chuva e vão parar nos bueiros. Quando não estão entupidos. Semear, fazer mudas e procurar fazer com que cada pequeno espaço de terra mereça uma árvore.
Isso é fácil. Não dá trabalho. Não tem complexidade. Só falta vontade.

JOSÉ RENATO NALINI é reitor da Uniregistral, docente universitário, palestrante e autor de “Ética Geral e Profissional”, 13ª ed. – RT-Thomson

JOSE RENATO NALINI


Link original: https://www.jj.com.br/opiniao/renato-nalini-natureza-milagrosa/
Desenvolvido por CIJUN