Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Tributo aos nossos comerciantes

GUARACI ALVARENGA | 26/07/2019 | 07:30

O um grande foco de luz, amanhã, ilumina por completo a sede campo do Clube Jundiaiense. Mais de 70 profissionais e estabelecimentos lembrados pela população serão premiados pela inovação e criatividade ao empreender. São comerciantes, profissionais, que geraram oportunidades de trabalho e ajudaram a impulsionar e desenvolver Jundiaí e região. Gente que faz. Sejam por novos ou antigos negócios, se mantém vivos vencendo desafios diários e crises para manutenção de empregos. O comércio da cidade abriga histórias de gente, pessoas, homens e mulheres, que sempre evocam um passado rico de grandes feitos. Quem não há de se lembrar Credi-Rei, Credi Nino, Sapataria Central, Lojas Magalhães, Móveis Tranquilo, A Vencedora, Casa da Independência, Casa Oliveira de Presentes, Relojoaria Nacional, Casa São João, Galeria Bocchino, Papelaria Santa Terezinha, Mercadão Municipal, Casa Carlos Gomes, Restaurante das Carpas, Ao Barulho de Jundiaí, e tantas outras que resistiram as famosas lojas de departamentos. Este conceituado Jornal de Jundiaí, há 54 anos publicando suas notícias, com respeito e dedicação, sendo referência na informação. A noite de gala desta confraternização, da classe empresarial, será o marco principal a espelhar o reconhecimento por todos aqueles, que acreditam num Brasil melhor para todos. Na oportunidade, a maior honraria do comércio, o premio “caixeiro- viajante”, será concedido a três empresários que já escreveram seus nomes nas paginas de nossa história. O empresário Silvio Gebram, desde 1936, no mercado de seguros, a empresa ASTRA S/A, talvez a empresa jundiaiense de maior renome internacional, e do diretor regional do Sesc, Danilo Santos de Miranda. Aqui abro um parênteses. Jundiaí não é a única a contar com o privilegio de um Sesc aberto à população. No entanto a sua relevância de papel comunitário, nesta terra, é extraordinária. São pessoas de todas as idades em busca de práticas esportivas, cursos, livros, áreas de convivência, informática, shows musicais, peças de teatro, filmes e exposições. Tudo isso, além do ambiente de civilidade, cultura e beleza estética, ao qual jamais teríamos acesso. Um modelo exemplar para outras instituições que devem retribuir à sociedade uma fração do bem que usufruem. Mas o momento será de festa e justificada comemoração. Por isso, admiráveis comerciantes, limito a cumprimentá-los pelo sucesso alcançado, pela criatividade e espírito empreendedor. Não desistam quando ainda são capazes de um esforço a mais. Façam seus filhos e seus familiares sucessores dos negócios. Vocês já encontraram o caminho a trilhar. Criem empregos. Esta é a melhor lição que devemos prestar a nós mesmos. Quero dedicar, com alegria, a coluna de hoje ao seu “Dia do Comerciante”. Parabéns a todos, mais que merecidos votos de pleno sucesso, deixo-vos uma prece, que Deus vos iluminem e vos façam felizes.

GUARACI ALVARENGA é advogado. E- mail: guaraci.alvarenga@yahoo.com.br


Leia mais sobre |
Link original: https://www.jj.com.br/opiniao/tributo-aos-nossos-comerciantes/
Desenvolvido por CIJUN