Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Vania Mazzoni: Estratégia na pandemia

VANIA MAZZONI | 29/04/2020 | 05:20

Já falei aqui por diversas vezes nos últimos três anos sobre como o setor de Recursos Humanos se tornou estratégico dentro das empresas. Empresas são feitas de pessoas e são para elas que precisamos olhar. Pensar estrategicamente é vital para acompanhar as mudanças do mundo, da economia, da tecnologia, e comportamentos da sociedade. O modo como vivemos e a mudança de comportamento impactam na forma como trabalhamos. Não há um modelo certo ou definitivo, bem como não existe fórmula do sucesso.

Cada setor da economia sente de forma diferente os impactos das mudanças, não só porque as empresas estão em momentos diferentes – crescimento, solidificação da marca, investimento – mas porque o próprio mercado apresenta necessidades em momentos diferentes. Não existe empresa que esteja 100% o tempo todo sem mudar estratégias e pensar em inovações, seja tecnológicas ou culturais. São ciclos de consumo.

Sabemos que as empresas já notaram que o diferencial estratégico que todos buscam para alcançar sucesso nos negócios está ligado diretamente à forma como as pessoas envolvidas no processo são gerenciadas.

Em meio às incertezas que vivemos, não posso me furtar de dizer mais uma vez: os colaboradores são a estratégia das empresas. É preciso treiná-los, mas também ouvi-los. Muitas vezes a solução mais econômica e segura vem daquele colaborador que nada sabe sobre estratégia ou economia global, mas sabe sobre a empresa. Nosso negócio pode ter muitas facetas e ser diferente para cada um. O que a empresa é para um investidor, para um gestor, para um funcionário, para um cliente ou parceiro negócios. São muitas percepções, que vão desde o consumidor final até a equipe de limpeza. Novamente, temos que olhar as pessoas.

Sei que este momento crítico vai passar, assim como já passaram outros. E tenho para mim que voltaremos fortes, no sentido de retomar não apenas de onde paramos, mas de um outro lugar, com outra visão. Nesta quarentena tivemos que ser criativos, repensar estratégias “na marra” e recalcular rotas para que seja possível sobreviver. E se tem uma turma que está trabalhando é a de Recursos Humanos.

Grande parte dos empresários partiu de estratégias pensadas em conjunto com o RH seja terceirizado ou não. Surgirão novos modelos de contrato, e flexibilização será palavra de ordem para a retomada. Será que viveremos uma nova economia de pouco contato? Novas relações de trabalho virão e empresas que estão abertas aos novos tempos terão vantagem. É em momentos de resiliência criamos grandes oportunidades.

VANIA MAZZONI é diretora de RH.


Leia mais sobre |
Link original: https://www.jj.com.br/opiniao/vania-mazzoni-estrategia-na-pandemia/
Desenvolvido por CIJUN