Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Vânia Mazzoni: Lockdown e economia

VÂNIA MAZZONI | 01/04/2020 | 05:12

Há 15 dias começamos a tomar providências dentro de nossas casas e empresas para combater o covid-19. Seguindo as orientações da OMS (Organização Mundial de Saúde), paramos as operações para conter o contágio e assim não saturar os hospitais públicos e privados, possibilitando que os atendimentos tenham um maior sucesso.

Quero dividir aqui um pouco das minhas angústias como empresária, como recursos humanos e como alguém que também teme que essa paralisação impacte na economia.

São tempos tenebrosos para todos. Empresários e colaboradores estão assustados, fala-se de demissão em massa, de empresas fechando, paralisação, desemprego e um medo generalizado quando não se enxerga outro horizonte. Nós, empresários, temos uma grande responsabilidade e precisamos agir com inteligência e estratégia.

Evidentemente, é quase impossível manter a folha de pagamento sem trabalhar. Há tempos nós empresários vivemos para fazer o mês, de forma criativa e com muito suor, mantemos as portas abertas, hora ampliando, hora reduzindo, balançando de acordo com as marés dos mercados, tanto nacional quanto internacional.

Tenho conversado bastante com empresários de indústria, com profissionais de recursos humanos, varejistas, comerciantes, e essa troca de ideia tem sido importante. Precisamos nos organizar, e tento daqui do meu trabalho remoto manter a esperança de que fazendo a coisa certa agora, e que retomaremos nossas vidas e empresas o quanto antes. Obviamente temos que cobrar do governo apoio para que possamos manter nossas empresas, garantindo nossos colaboradores. Mas há uma esperança dentro de mim que, quando retomarmos nossas operações, juntos vamos recuperar esse tempo parado.

Momento de crise é momento de solidariedade. Estamos com algumas frentes de trabalho junto aos profissionais e empresas de saúde, ajudando no recrutamento e seleção. Usamos nossa expertise para ajudar que profissionais de saúde ocupem vagas na linha de frente do combate.

Momento de crise é momento de oportunidade. Na última coluna falei sobre ter que se reinventar, e continuo nessa busca. Não tem solução fácil, não tem solução simples – precisamos pensar nas pessoas em todos os seus aspectos: físicos, emocionais e econômicos; este é o tripé da sociedade. Quero lembrar que uma sociedade saudável também ajuda na economia.

VÂNIA MAZZONI é diretora de RH.


Leia mais sobre |
Link original: https://www.jj.com.br/opiniao/vania-mazzoni-lockdown-e-economia/
Desenvolvido por CIJUN