Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Vânia Mazzoni: Redes Sociais e demissões

VÂNIA MAZZONI | 03/07/2019 | 07:30

Há alguns meses falei aqui sobre o cuidado que devemos ter ao fazer publicações em redes sociais quando se busca oportunidades de trabalho. Alertei que algumas empresas e recrutadores poderiam visitar seu perfil antes de uma entrevista e suas publicações poderiam prejudicar uma possível recolocação.

Continuamos no assunto só que agora para quem já está empregado. Tempos atrás um empresário amigo acessou o perfil no Facebook de um colaborador e notou que esta pessoa tinhas postagens falando mal da empresa e do chefe, além de postagens recorrentes sobre como odiava trabalhar na tal empresa. Resultado? Demissão! Como empresária, me coloquei no lugar dele. O que eu faria caso me deparasse com um colaborador insatisfeito publicando nas redes sociais? Pensaria bem se ele continuaria na empresa. Sempre digo que se o trabalho não lhe traz satisfação, você deve buscar outras oportunidades. A insatisfação pode ser uma porta aberta para mudança.

Mas não é só falar mal da empresa ou do chefe que pode causar demissão. Recentemente dois casos me chamaram atenção. No primeiro, um garoto branco postou uma foto sua em um bloco de carnaval, insinuando que seria assaltado por garotos negros que também apareciam na foto. Em outro caso, um executivo na área de tecnologia tweetou uma frase agressiva e depreciativa às mulheres. Em ambos, graças à repercussão negativa e denúncias de outros usuários daquelas redes sociais, as empresas fizeram questão de tornar pública a demissão — “não nos interessa um funcionário com tal perfil”, afirmou um dos proprietários da empresa do primeiro caso.

A internet é o local mais democrático para expressar o que pensamos, porém se o que você tem para dividir com o mundo é preconceito, ódio e violência, posso afirmar que você ficará cada vez mais longe do mercado de trabalho. As empresas estão buscando um alinhamento com as mudanças de paradigmas que o mundo está vivendo. Diversidade, sustentabilidade e inclusão não são apenas temas sociais importantíssimos; eles também agregam valor aos serviços ou produtos oferecidos. Ou seja, também aumentam a produtividade e o faturamento.

A questão não é que o mundo “politicamente correto” está chato. A questão é que as pessoas estão cada vez mais conscientes que precisamos melhorar as nossa atitude diante das diferenças. Isso reflete imediatamente dentro do mundo corporativo, afinal é no trabalho que passamos grande parte dos nossos dias. Uma dica simples: pense antes de postar.

VÂNIA MAZZONI é diretora de RH. Site: www.novarh.com.br / E-mail: marketing@novarh.com.br


Leia mais sobre |
Link original: https://www.jj.com.br/opiniao/vania-mazzoni-redes-sociais-e-demissoes-2/

Notícias relacionadas


Desenvolvido por CIJUN