Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Viva a vida

GUARACI ALVARENGA | 06/09/2019 | 07:30

Ter um doce ombro sempre para encostar. A sauna do Clube, com os amigos. Uma manhã na Academia de Letras. O luar santo do sítio das Angolas do Pitico. O canto do Bem Te Vi, da varanda, numa tarde amena. O futebol alegre da rapaziada do UPA aos sábados. Dançar com Miriam. Ouvir Elis Regina cantando Carinhoso.

A festa do Guma do Vanoil da Passarela. Uma noite festiva no Clube da Lady. O cafezinho com Sergio del Porto no Bate Bola. Rever uma velha amizade. Caminhar pela praia. Os filmes do Poderoso Chefão. Ser recebido na bela chácara de Pascoal Suenson. Ler Drumond de Andrade. Aplaudir o ministro Sergio Moro. A poesia musical de Adoniram Barbosa. Uma noite no Cassino. Uma boa dose de whisky. A sabedoria jurídica do desembargador Soares Levada. A última sexta do mês com os velhos amigos. O “bom dia” do mais doce, Orlando Gazolla. Festa sertaneja beneficente do Afonso Davos, o filantropo “Fiinho”. A quarta nobre com os craques do másters do Clube. A paixão rotariana de Claudio Garcia Gomes. Um jogo de “tranca” no clube ACRE. “My Way” na voz de Frank Sinatra. Queijo com goiabada. Segunda “malhando” na Academia. Passear com a neta Letícia no Shopping. Palestra com o desembargador Artur Marques da Silva Filho. Afonso Pereira, aquele abraço! O desfiledo Refogados do Sandi. Uma noite no bar Natura. A feijoada do Carnaval do Jundiaiense. Caminhar no Parque da Cidade. Receber abraços de pessoas que você ama. Ouvir um elogio. Os concertos da Astra no Theatro Polytheama.

Ler logo cedo o Jornal de Jundiaí. O estonteante bloco Chupa que e de Uva. Um tempo para uma boa pescaria. O time forte do Adilson Freddo. As frutas do De Marchi. Noite de lua cheia. Ir ao Sesc de Jundiaí. A festona na Terra Nova do Zé do Café. Os caros amigos do Facebook. O aconchego de uma cama à noite. A feijoada do Grupo Afeto. Praia com sol. Frango caipira com salada verde. Os “resedás” em flores. Almoço com a família. O perseverante Orides Russi no futebol. Ir ao cinema. Sábado de mãos dadas. Escrever toda semana o artigo no jornal. Cuidar do cãozinho. Bater um papo com o Toninho da Casa de Aves.

A Maçonaria do venerável irmão Fabio Kachan. Vinho e queijos. Perfume da “dama da noite” na varanda. Jabuticabeira carregada. Ipê amarelo em flores. Esperar alguém do coração. Um telefonema de apoio. Por do sol no campo. Uma taça de vinho em noite fria. O livro de cabeceira. O velho chinelo. A cervejinha gelada em tempos de calor. A beleza das orquídeas em flor. Descansar numa rede. Sonhar acordado. Sorrir a todo instante. Pastel de carne. Acreditar no trabalho. Feliz aniversário. Pãozinho com manteiga. Viagem a dois. Ouvir o canto dos pássaros. A revoada das maritacas. O ninho do beija-flor na haste da samambaia. O meu carinho a todos vocês. Brindar sempre a VIDA !

GUARACI ALVARENGA é advogado. E- mail: guaraci.alvarenga@yahoo.com.br


Leia mais sobre
GUARACI ALVARENGA
Link original: https://www.jj.com.br/opiniao/viva-a-vida/
Desenvolvido por CIJUN