Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Bolsonaro acena para Rodrigo Maia; Confira outros destaques do Pela Ordem

DA REDAÇÃO | 10/04/2019 | 05:04

O presidente do Instituto Luiz Braile, Antonio Pacheco, subiu ao plenário da sessão de ontem para apelar ao governo estadual a permanência do convênio entre a instituição e a Secretaria do Estado de Saúde. Na ocasião, o presidente destacou os 6 mil atendimentos mensais e as 500 cirurgias de catarata realizadas pelo instituto. Por 14 votos favoráveis, a moção de apelo de autoria do vereador Edicarlos Vieira (PSD) foi aprovada.

Dois dos três participantes da Tribuna Livre, realizada sempre no início das sessões, não compareceram. O tema que seria apresentado dizia respeito à situação dos transportes públicos de Jundiaí. O participante que esteve presente saudou o presidente Jair Bolsonaro, com “Brasil acima de tudo. Deus acima de todos”.

O vereador Arnaldo Ferreira de Moraes, o Arnaldo da Farmácia (PDT) agradeceu à Unidade de Gestão de Mobilidade e Transporte pela implantação do redutor de velocidade ao entorno da Av. Prefeito Luiz Latorre, em decorrência dos acidentes e das mortes de trânsito frequentes. No entanto, houve também um apelo do vereador Romildo Antônio da Silva (PR) para que a pasta desse mais atenção ao Vetor Oeste.

Por 3 votos a 2, a Segunda Turma do STF (Supremo Tribunal Federal) mandou soltar Aldemir Bendine, ex-presidente da Petrobras e do Banco do Brasil que está preso preventivamente pela Lava Jato desde julho de 2017. Bendine assumiu a presidência da Petrobras em fevereiro de 2015, no governo Dilma Rousseff, em meio à Lava Jato. Ele foi preso sob suspeita de ter pedido R$ 3 milhões à Odebrecht.

Na tentativa de arrefecer crise com o Poder Legislativo, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) fez nesta terça-feira (9) deferências ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), chamando-lhe inclusive de “irmão”. Os dois se viram nesta terça-feira (9) pela primeira vez desde que iniciaram, no final do mês passado, um embate público com troca de provocações. O encontro ocorreu na abertura da Marcha em Defesa dos Municípios.

O porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, informou que o governo federal estuda substituir o Mais Médicos por outro programa. “Programa de Médicos pelo Brasil: está sendo estudado como substituição ao programa Mais Médicos. Agora, em coordenação com o Ministério da Educação para levantar e agilizar questões relativas às avaliações dos médicos quando formados no exterior e até mesmo médicos estrangeiros que venham para cá.”


Link original: https://www.jj.com.br/pela-ordem/bolsonaro-acena-para-rodrigo-maia-confira-outros-destaques-do-pela-ordem/
Desenvolvido por CIJUN