Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Jundiaiense pode ser o próximo governador do RJ; veja outros destaques do Pela Ordem

CARLOS SANTIAGO | 09/10/2018 | 14:02

A grande surpresa na disputa ao Governo do Estado do Rio de Janeiro atende pelo nome de Wilson Witzel, de 50 anos. Witzel é jundiaiense, estudou na ETEC Vasco Venchiarutti e se mudou para o Rio aos 19 anos. Depois de passar pela Marinha, ele se formou em Direito e Pedagogia, trabalhou como defensor público e foi juiz federal até março – quando se filiou ao PSC já pensando em se candidatar. “Bandido não terá mais vida mansa”, costuma dizer.

LUIZ FERNANDO PEDE RESPEITO À MAIORIA: O prefeito Luiz Fernando Machado (PSDB) comentou o resultado do primeiro turno pelo Facebook. “O Brasil falou através das urnas e devemos respeitar a decisão da maioria”, escreveu. Luiz, na sequência, comentou que “Minha posição é contrária ao retorno do PT sob qualquer ponto de vista – econômico, político, ético. Mudar não é só necessário, é imperativo”, disse.

MIGUEL FALA EM TISUNAMI ELEITORAL: “Um tsunami varreu o país de Norte a Sul”. Este foi o comentário feito pelo ex-prefeito e deputado federal não-reeleito Miguel Haddad (PSDB), em nota à Imprensa. Miguel obteve 86.402 votos, número insuficiente para garantir mais quatro anos de mandato. Ele lamentou a falta de representatividade de Jundiaí na Câmara ou Assembleia e afirmou que seguirá trabalhando até o fim do mandato por verbas para o Grendacc.

MOÇÃO PEDE RETOMADA DE OBRA: Os vereadores vão discutir, na sessão ordinária desta noite, uma moção de autoria de Faouaz Taha (PSDB). O parlamentar alerta sobre as condições da Escola Estadual ‘Professora Deolinda Copelli’, na Vila Rui Barbosa, que chegou a ter iniciadas obras de melhorias, mas o trabalho foi paralisado porque a empresa vencedora da licitação faliu. A moção faz um apelo ao Governo do Estado para que as obras sejam retomadas.

SKAF DECIDE QUEM VAI APOIAR NESTA TERÇA: Terceiro colocado na disputa ao governo de São Paulo, Paulo Skaf (MDB) retornou à Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) nesta segunda-feira (8), agendando reuniões com a diretoria e se atualizando da entidade que preside.O emedebista só deve começar a avaliar seu posicionamento no segundo turno, que será disputado por João Doria (PSDB) e Márcio França (PSB), a partir desta terça-feira (9).

Foto: reprodução/internet

Foto: reprodução/internet


Link original: https://www.jj.com.br/pela-ordem/jundiaiense-pode-ser-o-proximo-governador-do-rj-veja-outros-destaques-do-pela-ordem/
Desenvolvido por CIJUN