Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Mourão não acredita em onda de protestos; Confira outros destaques no Pela Ordem

ARIADNE GATTOLINI | 17/05/2019 | 05:01

PTB reforça intenção de fortalecimento: O PTB, segundo seu presidente em Jundiaí, Marcelo Gastaldo, passa atualmente por uma reestruturação em todo o Estado. “Pretendemos fazer em Jundiaí a executiva permanente, pois temos somente a provisória. É uma orientação do próprio partido”, comentou Gastaldo, lembrando que a determinação de fortalecer o partido para 2020 vem do presidente estadual e secretário geral nacional do partido, Campos Machado.

Maia assume presidência do País: O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, assumiu ontem (16) interinamente a Presidência da República e fica no cargo até a manhã desta sexta-feira (17), quando o presidente Jair Bolsonaro retorna de sua viagem aos Estados Unidos. É a primeira vez que o deputado fica no cargo após a posse do presidente Jair Bolsonaro.

Mourão não acredita em onda de protestos: O presidente interino Hamilton Mourão avaliou que as manifestações contra reduções orçamentárias na área da educação foram pontuais, não havendo risco de o país enfrentar uma nova onda de protestos como a ocorrida em 2013. Para o general da reserva, o movimento de estudantes e professores não desestabiliza o governo de Bolsonaro, mas há a necessidade de que a gestão federal aprimore sua estratégia de comunicação para evitar desinformação.

Justiça manda prender Zé Dirceu: A Justiça do Paraná mandou prender novamente o ex-ministro José Dirceu, na noite desta quinta-feira (16). O juiz federal Luiz Antonio Bonat informou que Dirceu tem até as 16h desta sexta-feira (17) para se entregar à Polícia Federal (PF), em Curitiba.A determinação foi feita após o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) negar um recurso da defesa, que pedia prescrição da pena de 8 anos e 10 meses na segunda condenação dele na Lava Jato.

‘Não pode contratar qualquer uma’: O presidente Jair Bolsonaro (PSL) afirmou nesta quinta-feira (16) que a Folha de S.Paulo não tem que contratar “qualquer uma” para trabalhar no jornal. A declaração foi dada nos Estados Unidos, quando a repórter questionou sobre o bloqueio de recursos no orçamento da educação. Segundo o presidente, a jornalista tinha que entrar de novo “numa faculdade que presta e fazer bom jornalismo” para não semear a discórdia.

Sem Dodge, dez se candidatam

T_mourao


Link original: https://www.jj.com.br/pela-ordem/mourao-nao-acredita-em-onda-de-protestos-confira-outros-destaques-no-pela-ordem/
Desenvolvido por CIJUN