Acervo

Obras de conclusão do Viaduto das Valquírias aguardam financiamento


OBRAS DO VIADUTO DO CORREGO DAS VALQUIRIAS
Crédito: Reprodução/Internet
A coluna Pela Ordem é o espaço do Jornal de Jundiaí dedicado aos bastidores da política, tanto de Jundiaí e da Região como do Brasil. A coluna é publicada de segunda a sábado na página de política na versão impressa do Jornal de Jundiaí e no JJ.com.br. Confira os destaques desta quinta-feira (05). Obras aguardam financiamento Com a presença do governador do Estado, Geraldo Alckmin (PSDB), que deixa o cargo amanhã para ser candidato à presidência, inaugura-se, às 14h30, o viaduto das Valquírias, finalizando o Complexo Viário Jundiaí. As obras complementares, porém, só terminam em dezembro. Motivo: a Prefeitura de Jundiaí ainda aguarda liberação de crédito da Secretaria da Fazenda Nacional, de R$ 12 milhões, para as obras. O recurso veio do Desenvolve SP, mas está parado. Até agora, Jundiaí bancou sozinha a obra. Uip espera conversa com Márcio França Perguntado se deixará o cargo de secretário estadual da saúde assim que o atual governador Geraldo Alckmin (PSDB) deixar a cadeira para o vice Márcio França (PSB), nesta sexta (6), David Uip disse que está aguardando uma conversa entre o vice e os demais secretários. “O compromisso é com Alckmin, inclusive partidário, mas estamos aguardando uma conversa com França”, afirmou. Secretário anuncia novos hospitais “Até o fim de 2018, o Estado de São Paulo terá 102 hospitais”, revelou David Uip, secretário estadual de saúde, em visita a Jundiaí. “Para comparar, o Rio Grande do Sul tem apenas dois e o Rio de Janeiro tem um. No sábado, inauguramos o Hospital Regional (HR) de Sorocaba, domingo o HR de Registro, segunda o de São José dos Campos e, em breve, o Hospital das Clínicas de Suzano. ”, afirmou. Integração é resposta para filas Para David Uip, a integração entre os equipamentos de saúde é a melhor solução para dar vazão às filas para cirurgias nos hospitais do estado. “Hoje, o indivíduo que precisa de cirurgia se inscreve no Hospital São Vicente, na Santa Casa de São Paulo, no Hospital de SP, no Hospital das Clínicas... A fila parece grande mas, sabendo depurar os pacientes, é possível resolver o gargalo”, afirmou. Estado gastou R$ 1 bi com judicialização A judicialização, processo em que cidadão cobra medicamento particular do Estado, foi responsável por R$ 1 bilhão dos gastos do governo do estado em 2017. “68% dos processos é movido por quem pode pagar advogado, ou seja, você tem pessoas mais necessitadas que estão deixando de ser atendidas porque os recursos estão sendo aplicados em medicamentos para quem pode pagar”, disse. Bigardi decide para onde vai amanhã  O ex-prefeito de Jundiaí, Pedro Bigardi, ainda não decidiu em qual partido pretende se filiar. O ex-prefeito tem até o fim da semana, quando acaba o período de janela partidária, para escolher uma legenda que o represente. Bigardi deixou o PSD em fevereiro e está em busca de um partido de esquerda. O PSB e o PDT fizeram convites, mas o ex-prefeito afirmou que tomará a decisão final amanhã.

Notícias relevantes: