Polícia

Advogado é detido com carro roubado e dublê na garagem em Jundiaí


Divulgação
O advogado disse que recebeu o veículo como forma de pagamento por uma serviço prestado
Crédito: Divulgação

Um advogado foi detido em sua casa na região da Vila Rami, em Jundiaí, na tarde desta terça-feira (1) com um carro roubado e dublê, na garagem. A detenção conjunta foi realizada por policiais militares do 11º Batalhão, guardas municipais do Apoio Tático e policiais civis. Ele alegou aos agentes que o veículo havia sido dado por um cliente como forma de pagamento por um serviço prestado. Levado ao 6º DP, o delegado Luciano Carneiro de Paiva elaborou Termo Circunstanciado por receptação culposa, pelo qual o advogado responderá em liberdade.

Com informações de que um carro produto de crime estava em uma casa no bairro, os agentes das três forças de segurança foram para o local. As equipes foram recebidas por uma mulher, que autorizou a entrada dos policiais. Já no interior da residência eles visualizaram o veículo Peugeot na garagem e, quando questionada, a moradora alegou que seu marido era advogado e havia recebido o carro como parte de pagamento de um serviço prestado. O marido, assim que atendeu os policiais, confirmou a história.

Os agentes passaram então à vistoria e notaram que a placa traseira estava sem o lacre, sendo que, após consulta via sistema, descobriram que não correspondia ao número de chassi do veículo, mas sim a um carro do mesmo modelo e cor. Já a numeração do chassi constou que o veículo havia sido roubado no bairro Caxambu.

Ao ser informado de toda essa situação, o advogado entregou cópias dos documentos do suposto cliente que deixou o veículo em sua residência como forma de pagamento. No entanto, não apresentou nenhuma documentação do automóvel, nem comprovante de recibo dele como forma de pagamento.
Diante dos fatos a ocorrência foi conduzida ao 6° DP, onde o delegado elaborou o Termo Circunstanciado de Receptação Culposa.


Notícias relevantes: