Polícia

GM passa mal e é socorrido durante combate ao fogo no Morro da Baleia

15 bombeiros e GMs conseguiram impedir um desastre maior


Divulgação
Cinco Bombeiros e 10 GMs participaram dos trabalhos que impediram uma devastação ainda maior
Crédito: Divulgação

Para cada ato inconsequente e criminoso, uma resposta heroica. Dos 15 homens da Divisão Florestal da Guarda Municipal de Jundiaí e do Corpo de Bombeiros que se empenharam para apagar um grande incêndio no Morro da Baleia, em Jundiaí, neste domingo (20), um GM chegou a passar mal e precisou ser socorrido ao Hospital São Vicente. O agente, que não teve o nome divulgado, passa bem, segundo a assessoria de imprensa da corporação.

Os trabalhos do guarda em questão e dos colegas de farda e dos Bombeiros começaram no final da tarde, tão logo o fogo começou, e se encerraram já no final da noite. De acordo com a Guarda, foram devastados 167 mil metros² de área de pastagem.

Os agentes encontraram ainda muita dificuldade, pelo fato de que os caminhões-pipa não puderam chegar ao local. As imagens de vídeo e foto do incêndio viralizaram e provocaram revolta nas redes sociais.

A reportagem apurou que, como o fogo teve início no alto do morro, a suspeita é de que tenha sido ateado criminosamente. O local, inclusive, é alvo constante de incêndios.


Notícias relevantes: