Polícia

Ladrão baleado é transferido para o São Vicente com perfuração no abdômen


DIVULGAÇÃO
A Polícia Militar isolou a área e acionou a Polícia Civil e a Perícia Técnica, que deram início às investigações
Crédito: DIVULGAÇÃO

Um ladrão foi baleado duas vezes por um policial militar à paisana no Centro de Campo Limpo Paulista, na manhã desta quarta-feira (14), enquanto tentava furtar uma moto. Ele foi socorrido ao Hospital de Clínicas, na cidade, mas precisou ser transferido para o Hospital São Vicente, em Jundiaí, por conta do estado de saúde, grave.

Um comparsa conseguiu fugir. Várias viaturas de PM e Guarda Municipal foram acionadas e patrulharam com vistas para o bandido, que não foi encontrado.

De acordo com a assessoria de imprensa do São Vicente, o estado de saúde do baleado é estável e ele não tem previsão de alta. Caso sobreviva, sairá do hospital diretamente para o Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista.

O caso
O PM e sua esposa, que é guarda municipal, saíam da academia quando notaram que o ladrão usava uma mixa (chave artesanal), para tentar funcionar a moto, na rua Francisco Miguel, na Praça Castelo Branco, em frente a vários estabelecimentos comerciais.

Apesar de não estarem em serviço, o casal agiu, sendo que o PM ao sacar a arma, se identificou e ordenou que o bandido se entregasse. Segundo apurou a reportagem, o criminoso não obedeceu a ordem e também sacou sua arma para investir contra o casal. Enquanto fazia o movimento para apontar o armamento para os agentes, o PM disparou duas vezes, a curta distância, acertando o tórax e clavícula do infrator, que caiu. Um dos projéteis perfurou seu abdômen.

Um comparsa, que fazia a escolta do parceiro de crime, abandonou o amigo e correu, conseguindo fugir.

Uma ambulância foi acionada e, após os primeiros socorros, o socorreu ao hospital. Antes, porém, o ladrão informou que tanto ele quanto o amigo são de Perus, na zona Norte de São Paulo.

A PM isolou a área e acionou tanto a Polícia Civil, quanto a Perícia Técnica, que deram início aos trabalhos de investigação, inclusive para saber se a dupla está envolvida em outros furtos de veículos na cidade, sobretudo de motocicletas.

O caso foi apresentado na Delegacia de Campo Limpo.


Notícias relevantes: