Polícia

'Roubo' com armamento pesado treina PMs e GMs no Centro de Jundiaí

Apesar de chamar a atenção, tudo não passou de uma simulação de assalto a mão armada


Divulgação
Foram realizadas até mesmo incursões em casas invadidas por bandidos
Crédito: Divulgação

Vários policiais militares do 11º e 49º batalhões, 4º Batalhão de PM Rodoviária e guardas municipais, todos de Jundiaí, além de agentes do Batalhão de Ações Especiais da PM (Baep), de Campinas, realizaram um grande cerco no Centro de Jundiaí e adjacências, no início da madrugada desta quinta-feira (15), para prender criminosos após um grande roubo. Apesar de chamar a atenção de quem passou pelo Centro e também de moradores, tudo não passou de uma simulação de assalto a mão armada. Os agentes estiveram em treinamento em ação integrada das forças de segurança para encarar situações de assalto com alto grau de gravidade.

Na simulação, criminosos fortemente armados praticaram um roubo na região da Catedral Nossa Senhora do Desterro. Acionadas, as forças de segurança se mobilizaram em pontos estratégicos com várias viaturas e dezenas de policiais. “Esse treinamento consiste em uma reação integrada entre as forças de segurança, para definir como cada um vai agir, em caso de necessidade”, informou a PM, por meio de nota.

Todo o processo vinha sendo planejado há algumas semanas e o treinamento durou cerca de duas horas. “Foi treinado posicionamento, funções, pronta resposta, tempo de chegada, análise de território e reação em confronto armado”, diz a nota.


Notícias relevantes: