Polícia

PF deflagra operação contra falsos policiais federais na Região


Divulgação
.
Crédito: Divulgação

A Polícia Federal cumpriu na manhã desta sexta-feira (6), dois mandados de busca e apreensão em Cabreúva, para tentar reunir provas em duas investigações de pessoas se apresentando falsamente como policiais federais para fins ilícitos, porém ainda desconhecidos. Um terceiro mandado de busca e apreensão foi cumprido em Socorro.

Uma das investigações foi iniciada em setembro deste ano, a partir de registro feito por servidores públicos federais, de que uma pessoa foi ousada o bastante para se apresentar como policial federal, dentro da repartição. A outra investigação começou em junho a partir da identificação de fotos publicadas em redes sociais por pessoa utilizando indevidamente o uniforme da corporação.

Todos os casos estão compreendidos dentro do trabalho permanente de monitoramento, mantido pelo Núcleo de Inteligência Policial da Polícia Federal em Campinas, do uso indevido da imagem da Polícia Federal para fins ilícitos.

Os investigados responderão pelo crime de uso indevido de imagem pública, cuja pena pode chegar a seis anos de prisão, sem prejuízo das penas previstas para os crimes relacionados às vantagens indevidas recebidas que venham a ser comprovadas.

Para auxiliar qualquer pessoa que tenha dúvida quanto à identidade funcional de policiais federais, a PF coloca à disposição atendimento pelos telefones (19) 3345-2260 e 3345-2234, além de outros canais que podem ser obtidos no site pf.gov.br. (PF)


Notícias relevantes: