Polícia

Traficante internacional é preso e tenta corromper PMs em Jundiaí

Ao saber que estava sendo procurado, o criminoso tentou corromper a equipe oferecendo mais de R$ 6 mil.


DIVULGAÇÃO
Com mandado de prisão preventiva em aberto, ele foi preso e contou que vem sendo investigado pela PF
Crédito: DIVULGAÇÃO

Policiais militares da 2ª Cia do 11º Batalhão prenderam na tarde desta segunda-feira (9), no Distrito Industrial, em Jundiaí, um suspeito de tráfico internacional de drogas. Ao saber que estava sendo procurado pela Justiça Federal de Pernambuco, o criminoso tentou corromper os agentes, oferecendo mais de R$ 6 mil, para ser solto. Ele deve ser transferido para Recife nos próximos dias.

Os PMs 1° tenente Iuri e soldados Bruno Dias e Pontes, do Comando de Força Patrulha (CFP), faziam patrulhamento quando suspeitaram da atitude do homem e realizaram a abordagem. Os agentes encontraram em sua carteira, R$ 6.274, que ele não soube explicar a origem. Questionado, também não soube informar o que fazia no local.

Em consulta aos seus documentos, os PMs constataram que ele estava com mandado de prisão preventiva em aberto, expedido pela 4ª Vara Federal de Recife/PE, por lavagem de dinheiro, tráfico de drogas e associação criminosa.

De acordo com o tenente Iuri, nesse momento o criminoso tentou corrompê-los. “Ao ser informado que estava procurado, ele ofereceu o dinheiro para ser liberado, ação que agravou sua situação, pois foi lhe dada voz de prisão em flagrante por corrupção ativa”, disse.

O infrator foi apresentado no 5° DP de Jundiaí, onde explicou que faz parte de uma quadrilha que vem sendo investigada pela Polícia Federal desde 2016. Não se sabe, ainda, qual o grau de envolvimento do preso com esta quadrilha de tráfico internacional.

Transferência

A reportagem apurou que, a princípio, o preso deve permanecer preso em Jundiaí até que seja organizado um esquema de transferência dele para Recife. Isso deve acontecer ainda nesta semana. Ele também passa a responder processo por corrupção ativa.

Apoio

Estiveram no apoio ao CFP, as guarnições: 1° tenente Pedro Lengefielder e cabo Pires (Comando Dejem); 1º sargento Delgemo e soldados Pietro e Jonatas (Comando Grupo Patrulha - CGP III); subtenente Bedani, c abo Monteiro e soldado Magalhães (GGP II); soldados De Lima e Serafim; e soldados Evandro, Gonçalves e Bruna Jéssica.


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: