Polícia

Recepcionista denuncia beijo forçado em loja em Jundiaí

Em seu relato, a vítima conta que o beijo foi dado por um vendedor ambulante


Divulgação
Segundo relato da vítima, o autor apertou seus lábios e a beijou
Crédito: Divulgação

Uma jovem de 19 anos, que trabalha como recepcionista em uma loja do segmento automotivo na região do bairro Vianelo, em Jundiaí, procurou a Polícia após, segundo seu depoimento, ter sofrido importunação sexual ao ser beijada forçosamente em seu local de trabalho, na tarde desta quarta-feira (18). O crime, porém, não foi cometido por nenhum colega de trabalho, mas sim por um vendedor ambulante que frequentemente visita casas e comércios desta região.

Em seu relato, a vítima conta que, no horário de almoço, deixou o posto de trabalho e foi para a cozinha, que fica nos fundos da loja. Minutos depois foi surpreendida por ele, que a segurou pelo pescoço e queixo, apertou seus lábios e a beijou à força. Na sequência, ele se evadiu para o estacionamento e foi embora.

Os dados pessoais dele foram informados à Polícia por ela, que o conhece há pelo menos três meses.

O caso deve ser encaminhado para investigação à Delegacia de Defesa da Mulher (DDM).


Notícias relevantes: